Gilberto Lopes conquista o penta da Copa Brasil de Cross Country

Mineiro manteve a hegemonia na competição em Bragança Paulista / Foto: Wagner Carmo/CBAtMineiro manteve a hegemonia na competição em Bragança Paulista / Foto: Wagner Carmo/CBAt

São Paulo - O mineiro Gilberto Silvestre Lopes (Pé de Vento/Petrópolis) conquistou na manhã deste domingo, dia 4 de fevereiro, a quinta vitória da carreira na Copa Brasil Caixa de Cross Country, disputada em um circuito de 2 km, montado dentro da Marina Estância Confiança, em Bragança Paulista (SP). Gilberto completou os 10 km da prova em 31:22, abrindo boa vantagem sobre o capixaba Valério de Souza Fabiano (Cruzeiro/CAIXA), segundo colocado, com 32.18.
 
“Foi uma prova equilibrada até o 6º km, mas depois consegui forçar o ritmo, abri vantagem e administrei a diferença até o final”, comentou Gilberto, campeão das edições de 2012, 2015, 2016 e 2017.
 
Depois do PAN, Gilberto voltará todas as suas atenções para a Maratona Internacional de Milão, na Itália, marcada para o dia 1º de abril.
 
Uma das atrações da prova, Daniel Ferreira do Nascimento (Orcampi Unimep), que estreou na categoria adulta, abandonou a competição. Segundo o técnico Ricardo D’Angelo, o atleta “cansou” ao tentar forçar o ritmo.
 
Na prova adulta feminina, que abriu a competição, dobradinha do Pinheiros. Jenifer do Nascimento Silva e Maria Aparecida Ferraz completaram as cinco voltas no circuito de 2 km na frente, com os tempos de 40:09 e 40:10, respectivamente. As duas também estão qualificadas para o Pan-Americano.
 
Jenifer, especialista em 5.000 e em 10.000 m, ficou muito feliz com o seu primeiro título brasileiro de cross. “Fiquei em segundo lugar no ano passado e agora consegui vencer. O percurso tem uma subida dura, mas isso só valorizou a vitória”, disse a paulista, nascida em Osasco, de 26 anos, que treina com Claudio Castilho.
 
No Sub-20 feminino, Raquel de Carvalho Xavier (CE3) foi a campeã, depois de três segundos lugares consecutivos. “Finalmente veio a medalha de ouro”, comemorou a atleta de 18 anos, nascida em Brasília, que mora e treina em Ceilândia (DF). “Além do título, vou representar o Brasil no PAN, o que é uma grande honra”, completou. Ao contrário do adulto, que terá dois representantes, no Sub-20 apenas os campeões serão chamados.
 
Já no masculino, Francisco Verissimo Perrout Lima (UFJF) venceu os 8 km, com o tempo de 27:17. Aos 18 anos, ele também se mostrou muito feliz por ter assegurado a vaga na Seleção Brasileira. “Participei de competições escolares, mas pela CBAt será minha primeira seleção”, comemorou Francisco, que acabou de passar por um estágio de um mês de treinamento na cidade de Iten, no Quênia. “Meu pai é o meu técnico e ele foi conhecer os métodos de preparação de lá”, disse, referindo-se a Jorge Perrout, da Universidade Federal de Juiz de Fora.
 
Na categoria Sub-18, Taina Beatriz Antunes (FECAM) e Pedro Henrique de Oliveira (UFJF) foram os vencedores. Pedro Henrique, aliás, ganhou o bicampeonato da categoria.
 
Os participantes da competição, que reuniu 250 atletas de 57 clubes de todas as regiões do País, tiveram um percurso mais seco do que nos três anos anteriores, quando as provas foram realizadas no Parque Ecológico do Tietê, como muita lama e poças d’água, em São Paulo. Além disso, contaram com uma bela paisagem. O trecho final do percurso de 2 km foi percorrido às margens da represa Jaguari-Jacareí, a grande atração da Marina Estância Confiança.
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook