Bruno Silva conquista índice para o Mundial Sub-20 nos 400 metros

Bruno Benedito, dos 400 m / Foto: Wagner Carmo/CBAtBruno Benedito, dos 400 m / Foto: Wagner Carmo/CBAt

São Paulo - Bruno Benedito da Silva, que completou 18 anos em abril, conquistou o índice para a prova dos 400 metros do Campeonato Mundial sub-20 - juvenil - que será disputado em julho, na cidade finlandesa de Tampere.
 
O velocista do IVCL Orcampi fez o tempo de 46s57 (o índice era 46s73) durante a disputa do Torneio FPA, realizado neste sábado, dia 5, em Campinas.
 
O resultado conquistado por Bruno também é o melhor de sua carreira. Até então, seu recorde pessoal era 46s87, obtido em 2017, durante a disputa do Mundial sub-18 de Nairóbi (Quênia). Agora, o velocista do IVCL Orcampi é líder do ranking brasileiro sub-20 e sub-23, e terceiro colocado no ranking nacional adulto.
 
"Este é o primeiro ano do Bruno como sub-20. Eu achava que ele tinha condições de fazer o índice já na semana passada (no Campeonato Brasileiro sub-23), mas ele errou um pouquinho a estratégia na semifinal, o que acabou desgastando-o para a final", explica o técnico Evandro Lazari. "Durante esta semana fizemos alguns ajustes para que ele acertasse o ritmo das passagens. E saiu o índice, saiu a melhor marca dele, e a liderança nos rankings. Foi um belo resultado".
 
Bruno Benedito da Silva é um atleta promissor, que já vem conquistando bons resultados em todas as categorias de base do atletismo. Carioca, Bruno mudou-se para a cidade de Ourinhos, interior paulista, com apenas cinco meses. Foi lá onde conheceu o atletismo, na escola.
 
Começou a treinar no IVCL Orcampi em fevereiro de 2017, por indicação de seu então técnico, Homero de Andrade. "Aqui (em Campinas) tenho pessoas para olhar, com quem aprender e me inspirar, como o Hugo Balduíno, Alexander Russo, Wagner Cardoso, e o Márcio Teles (dos 400 m com barreiras)."
 
Em abril do ano passado, Bruno tinha a marca de 47s66 como recorde pessoal. Desde então, só evoluiu: fez índice para o Mundial sub-18 em maio (47s46). No Brasileiro sub-18, em 24 de junho de 2017, correu pela primeira vez abaixo dos 47s (46s91). No Mundial de Nairóbi, novo recorde pessoal: 46s87, na semifinal. Correu a decisão e ficou em 6º lugar. Além disso, foi integrante do revezamento 4x400 m misto que conquistou a medalha de ouro - a prova, que reúne homens e mulheres na mesma equipe, estreará na Olimpíada de Tóquio/2020.
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook