Mundial de Marcha Atlética termina na China

Moacir Zimmermann fica em 28º nos 20 km / Foto: Wagner Carmo/CBAtMoacir Zimmermann fica em 28º nos 20 km / Foto: Wagner Carmo/CBAt

São Paulo - A prova masculina dos 20 km encerrou na madrugada deste domingo, dia 6, no horário de Brasília, o Campeonato Mundial de Marcha Atlética, na cidade de Taicang, na China. A competição reuniu, segundo a Associação Internacional das Federações de Atletismo (IAAF), 606 atletas de 49 países.
 
Na última prova, disputada com 21 graus e 85% de umidade, o brasileiro Moacir Zimmermann ficou na 28ª colocação, com o tempo de 1:25:14, a melhor marca de 2018. Já José Alessandro Bagio não completou as 10 voltas no circuito de 2 km.
 
O japonês Koki Ikeda conquistou a medalha de ouro, com 1:21:13, dividindo o pódio com o chinês Kaihua Wang (1:21:22) e o italiano Massimo Stano (1:21:33).
 
Com isso, o grande destaque da delegação brasileira na competição foi a pernambucana Erica Rocha de Sena, que no sábado, dia 5, terminou em quarto lugar nos 20 km, ficando muito perto de um lugar no pódio.
 
A China, organizadora da festa, foi a grande campeã do evento, conquistando 12 medalhas (seis de ouro, quatro de prata e duas de bronze) entre provas individuais e por equipes. O Japão ficou em segundo lugar, com oito (quatro ouros, duas pratas e dois bronzes), seguido do México, com duas medalhas (ambas de ouro).
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook