Brazil International Badminton Cup começa nesta quinta-feira em SP

Chave principal da competição no Club Athletico Paulistano terá início às 10h. Torneio vale importantes pontos para a classificação olímpica / Foto: João Pires/Fotojump  Chave principal da competição no Club Athletico Paulistano terá início às 10h. Torneio vale importantes pontos para a classificação olímpica / Foto: João Pires/Fotojump

São Paulo - A disputa por pontos que garantam a classificação para os Jogos Olímpicos Rio 2016 no badminton segue intensa. Com o a proximidade do fechamento do ranking que definirá os atletas na Olimpíada (1º de maio), os torneios têm sido marcados por competições acirradas. Essa é a promessa para a 31ª Brazil International Badminton Cup, cuja chave principal começa às 10h desta quinta-feira (dia 10), no Clube Athletico Paulistano, em São Paulo. Ao todo, são 126 atletas (72 homens e 54 mulheres) de 35 países.
 
Na Seleção Brasileira, as disputas seguem intensas nas chaves de simples masculina e feminina. Por ser o país-sede, o Brasil ganhou a vaga nas duas categorias e disputará pela primeira vez o badminton nos Jogos Olímpicos. Na dupla feminina, a Seleção ainda busca a vaga. A classificação para a Olimpíada é definida de acordo com o ranking mundial da Federação Mundial de Badminton (BWF).
 
Na chave de simples masculina, Ygor Coelho (71º), atual campeão do torneio em São Paulo, e Daniel Paiola (105º) seguem na briga. "Defendo o título e estou preparado para o torneio, que está bem forte pela reta final da classificação olímpica", disse Ygor. "Minha expectativa é jogar o meu melhor possível. Estou recuperado das lesões e 100%. Treinei muito para este campeonato e cada jogo será uma final. Não estou pensando no Rio, quero jogar bem cada partida porque aí minhas chances aumentam para ficar com a vaga", afirmou Paiola.
 
Ygor estreia contra o austríaco Luka Wraber (75º), às 10h desta quinta-feira, enquanto Paiola encara o belga Maxime Moreels (115º), às 11h40. Entre os principais nomes na simples masculina estão o guatemalteco Kevin Cordón (45º), atual bicampeão dos Jogos Pan-Americanos; o cubano Osleni Guerrero (60º) dono de uma prata e um bronze em Jogos Pan-Americanos; e o americano Howard Shu (66º), bronze em Jogos Pan-Americanos. 
 
Entre as mulheres, Lohaynny Vicente (54ª) e Fabiana Silva (73ª) disputam a vaga na chave de simples. "Minha expectativa está boa, acho que caí numa chave legal. Acredito que consigo chegar nas quartas de final ou semifinal. Isso vai ser bom para mim", disse Lohaynny. "O torneio está bem difícil por ser um dos últimos a contar pontos para o ranking olímpico. Tenho noção das pontuações que preciso e vou em busca de um bom resultado", analisou Fabiana.
 
Lohaynny enfrenta na estreia a compatriota Estefane Ventura (537º), que veio do qualifying. O jogo será às 16h. Já Fabiana Silva ficará de bye na primeira rodada. Os destaques na chave são as americanas Iris Wang (33ª), prata em Jogos Pan-Americanos, e Rong Schafer (36ª), que disputou no ano passado o evento-teste dos Jogos Olímpicos; a suíça Sabrina Jaquet (52ª), a russa Natalia Perminova (62ª) e a atual campeã do torneio, a húngara Laura Sarosi (70ª). 
 
Nas duplas, o nível também está alto. Entre os homens, estão os poloneses Adam Cwalina e Przemyslaw Wacha (28º) e os americanos Phillip Chew e Sattawat Pongnairat (38º). Na chave feminina, destaque para as americanas Eva Lee e Paula Lynn Obanana (27ª), as turcas Ozge Bayrak e Neslihan Yigit (39ª) e as brasileiras Lohaynny e Luana Vicente (42ª). Nas mistas, os nomes fortes são os americanos Phillip Chew e Jamie Subandhi (24º), os canadenses Toby Ng e Alex Bruce (33º) e os australianos Robin Middleton e Leanne Cho (39º).
 
A 31ª Brazil International Badminton Cup concede 4 mil pontos no ranking para o campeão. O vice fica com 3.400. Alcançar a semifinal garante 2.800 pontos. Já as quartas de final valem 2.200.
 
QUALIFYING - Na tarde desta quarta-feira (dia 9) foi disputado o qualifying da competição nas chaves de simples masculina e feminina. Os confrontos definiram os últimos jogadores classificados para as chaves principais.
 
Mais informações sobre a competição clique aqui:
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook