Chineses garantem representantes nas semifinais em evento-teste

 Li Yun / Foto: Pedro Martins/BWF Li Yun / Foto: Pedro Martins/BWF

Rio de Janeiro -Mais uma vez os chineses deram demonstrações da sua força no badminton. Nesta sexta-feira (dia 27), no pavilhão 4 do Riocentro, o país asiático colocou representantes nas semifinais das cinco categorias em disputa no II Yonex Brasil Open, competição válida como evento-teste da modalidade para os Jogos Olímpicos Rio 2016. Ao todo, os chineses ocuparam dez da vinte vagas possíveis na última fase antes das finais. Neste sábado (dia 28), a briga por um lugar na decisão começa às 14h (de Brasília).
 
Grande nome da competição, o chinês Lin Dan (4º) se classificou para a semifinal depois de passar por dificuldades pela primeira vez no Brasil Open. Nesta sexta, o bicampeão olímpico e pentacampeão mundial perdeu seu primeiro set no torneio. O responsável foi o tcheco Petr Koukal (77º). Super Dan, como é conhecido na China, acabou vencendo por 2 sets a 1, parciais de 21-12, 19-21 e 21-11. 
 
"No segundo set não fui muito persistente, mas no fim achei o meu jogo", disse Lin Dan, que terá como adversário o compatriota Zhu Siyuan (187º). A outra semifinal será entre o chinês Guo Kai (113º) e o "intruso" espanhol Pablo Abian (35º).
 
Na simples feminina, a número um do Brasil e 60ª do mundo, Lohaynny Vicente, acabou eliminada pela chinesa Shen Yaying (75ª), por 2 sets a 0, parciais de 18-21 e 10-21. A vencedora terá pela frente a tcheca Kristina Gavnholt (41ª). A outra vaga na final será disputada entre a chinesa Li Yun (136ª), que derrotou a cabeça de chave número um, a americana Rong Schafer (36ª), e a lituana Akvile Stapusaityte (122ª).
 
A disputa das duplas mistas reservou um dos duelos mais equilibrados do dia. Os holandeses Jacco Arends e Selena Piek (12º) derrotaram os alemães Michael Fuchs e Birgit Michels (14º), por 2 sets a 1, parciais de 21-12, 17-21 e 21-17. Por uma vaga na final, eles vão enfrentar os chineses Zheng Siwei e Chen Qingchen (66º).
 
"Não fizemos um grande jogo, mas o resultado foi muito importante pois já garantimos bons pontos para o ranking mundial. Sempre tentamos chegar o mais longe possível e toda vitória é importante para a nossa confiança. Teremos um jogo difícil na semifinal", disse Selena Piek. A outra vaga na final será disputada entre os chineses Zhang Wen e Jia Yifan contra os russos Evgenij Dremin e Evgenia Dimova (35º).
 
Na dupla masculina, os indianos Manu Attri e B. Sumeeth Reddy (20º) se classificaram para a semifinal ao derrotarem os americanos Mathew Fogarty e Bjorn Seguin (126º), por 2 sets 0, parciais de 21-14 e 21-9. Na semifinal, vão enfrentar os chineses Huang Kaixiang e Zheng Siwei (98º). A outra disputa será entre os alemães Michael Fuchs e Johannes Schoettler (29º) contra os chineses Wang Yilv e Zhang Wen (24º).
 
A disputa de dupla feminina já estava com os confrontos definidos. As holandesas Eefje Muskens e Selena Piek (7ª) vão enfrentar as alemãs Johanna Goliszewski e Carla Nelte (27ª), enquanto as americanas Eva Lee e Paula Lyn Obanana (23ª) terão como adversárias as chinesas Chen Qingchen e Jia Yifan (63ª).
 
CLÍNICA DE BADMINTON
 
Na manhã deste sábado, entre 10h e 11h, será realizada no pavilhão 4 do Riocentro uma clínica de badminton para oito crianças dos principais times da modalidade no Rio de Janeiro. O bate-bola será comandado pelo técnico da Seleção Brasileira, Marco Vasconcelos, e terá a participação do brasileiro Ygor Coelho, número um do país no ranking mundial, do cubano Osleni Guerrero e dos austríacos David Obernosterer e Elisabeth Baldauf.
 
Veja Também: 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook