Atletas conhecem seus adversários no evento-teste da Rio 2016

O chinês Lin Dan, atual bicampeão olímpico e pentacampeão mundial, é o principal nome da competição / Foto: Badminton PhotoO chinês Lin Dan, atual bicampeão olímpico e pentacampeão mundial, é o principal nome da competição / Foto: Badminton Photo

Rio de Janeiro - Os atletas que vão participar do II Yonex Brasil Open, competição válida como evento-teste do badminton para os Jogos Olímpicos Rio 2016, já conhecem os seus primeiros adversários.
 
O torneio, que será realizado de 24 a 29 de novembro, no pavilhão 4 do Riocentro, terá o mesmo formato da disputa olímpica, com fase de grupos seguida de jogos eliminatórios. As chaves de simples terão 30 jogadores no masculino e 16 no feminino. Nas duplas, são 14 parcerias no masculino, oito no feminino e 18 nas mistas.
 
Na chave masculina, o grande destaque é o chinês Lin Dan, atual bicampeão olímpico e pentacampeão mundial. Terceiro colocado no ranking mundial, ele está no Grupo A ao lado do eslovaco Matej Hlinican (167º) e do brasileiro Igor Ibrahim (925º). Número um do Brasil e 67º no ranking mundial, Ygor Coelho está no Grupo G ao lado do ucraniano Artem Pochtarev (90º), do eslovaco Jarolim Vicen (129º) e do jamaicano Gareth Henry (208º). 
 
“Acho que caí num bom grupo e tenho chance de me classificar em primeiro. Nunca enfrentei meus adversários de grupo, mas já os vi jogando. Estou ansioso para participar do evento-teste, quero ver o ginásio cheio. E espero realizar o meu sonho de enfrentar o Lin Dan, uma lenda do badminton”, afirmou Ygor. Outros brasileiros de destaque na simples masculina são Daniel Paiola (85º) e Alex Tjong (112º).
 
Na chave feminina, o maior nome é a americana Rong Schafer (38ª). Ela está no Grupo A ao lado da tcheca Zuzana Pavelkova (84ª), da chinesa Li Yun (132ª) e da brasileira Paloma da Silva (337ª). Número um do Brasil, Lohaynny Vicente (67ª) está no Grupo B. Suas adversárias serão a austríaca Elisabeth Baldauf (81ª), a mexicana Mariana Ugalde (158ª) e a indiana Lalita Dahiya (190º). A chave feminina conta ainda com as participações de Fabiana Silva (73ª) e Ana Paula Campos (209ª).
 
As disputas de duplas também contam com nomes fortes do cenário internacional. No masculino, destaque para os indianos Manu Attri e B. Sumeeth Reddy (20º) e os chineses Wang Yilv e Zhang Wen (28º). Pelo Brasil, a principal parceria é formada por Daniel Paiola e Hugo Arthuso (55º).
 
No feminino, a dupla a ser batida é Eefje Muskens e Selena Piek, da Holanda, atual nona colocada no ranking mundial. Elas estão no Grupo A ao lado das brasileiras Lohaynny e Luana Vicente (44ª), das americanas Eva Lee e Paula Lynn Obanana (24ª) e das alemãs Isabel Herttrich e Birgit Michels (30ª).
 
Na dupla mista, os destaques são aos alemães Michael Fuchs e Birgit Michels, atuais 14º colocados no ranking mundial. Eles estão no Grupo A ao lado dos canandenses Toby Ng e Alex Bruce (25º), dos chineses Zhang Wen e Jia Yifan e dos brasileiros Igor Ibrahim e Paloma da Silva. O Brasil também conta com Alex Tjong e Luana Vicente (119º) e Hugo Arthuso e Fabiana Silva (103º).
 
Formato - O II Yonex Brasil Open tem duas fases. Na primeira, os jogadores foram divididos em grupos, em que jogam entre si. Na segunda, as partidas serão eliminatórias. Somente a chave de simples masculina terá jogos de oitavas de final. As demais categorias iniciam o mata-mata nas quartas de final. Segue anexo arquivo com os grupos da competição.
 
Programação:
 
Terça-feira (dia 24): fase de grupos a partir das 11h
 
Quarta-feira (dia 25): fase de grupos a partir das 10h
 
Quinta-feira (dia 26): fase de grupos a partir das 10h. Oitavas de final da simples masculina a partir das 13h
 
Sexta-feira (dia 27): quartas de final a partir das 10h
 
Sábado (dia 28): semifinais a partir das 14h
 
Domingo (dia 29): finais a partir das 13h
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Curta - EA no Facebook