Ygor Coelho cai para dinarmarquês no Grand Prix de Saarbrucken

Com parciais de 21/12, 15/21 e 21/12, em 58 minutos de jogo, Ygor ficou fora da competição / Foto: Divulgação/CBBd/HMCom parciais de 21/12, 15/21 e 21/12, em 58 minutos de jogo, Ygor ficou fora da competição / Foto: Divulgação/CBBd/HM

São Paulo - Após vencer a promessa francesa Toma Junior Popov por 2 sets a 0, na última quinta-feira (dia 2) e se garantir nas quartas de final do Grand Prix Golden de Saarbrucken, Ygor Coelho sofre derrota para o dinamarquês Rasmus Gemke por 2 a 1, na Alemanha.
 
Com parciais de 21/12, 15/21 e 21/12, em 58 minutos de jogo, Ygor está fora da competição.
 
No primeiro game, o brasileiro lutou por um resultado positivo ponto a ponto. O adversário iniciou o placar onde Ygor chegou a ficar na frente no início do game, mas com a continuidade Rasmus Gemke conquistou a vantagem e fechou o placar.
 
No segundo set, Ygor só marcou quando o dinamarquês já tinha dois pontos a favor, e esse foi o momento de reação do brasileiro na disputa. Ygor chegou a abrir três pontos de vantagem antes do atleta da Dinamarca estacionar na contagem, deixando o brasileiro vencer o único game da partida.
 
A terceira e última etapa apresentou a maior diferença entre os competidores. Até o segundo ponto, Ygor e Gemke estavam igualados, mas o dinamarquês disparou no placar e venceu a disputa por vaga na semifinal.
 
Pelas oitavas de final do Grand Prix Golden de Saarbrucken, Ygor venceu o francês Toma Junior Popov por 2 sets a 0, com parciais de 21/16 e 21/12. O brasileiro apresentou dificuldades para superar o holandês Erik Meijs, mas conseguiu se classificar para as oitavas. Na estreia da competição, Ygor foi arrasador ao bater o belga Rowan Scheurkogel, também por 2 a 0 – com parciais de 21/18 e 21/8 -, em apenas 23 minutos.
 
O Grand Prix Golden de Saarbrucken foi o penúltimo torneio de Ygor nesta temporada. O brasileiro volta a competir no Grand Prix da Escócia, que começa no próximo dia 21 de novembro.
 
Temporada 2017 - Depois de disputar a Olimpíada de 2016, Ygor Coelho vive, em 2017, o que seria sua melhor temporada. O brasileiro se mudou para a França, onde treina com a seleção do país junto com o técnico Peter Gade, um dinamarquês que foi um dos melhores atletas da história. Com a estrutura que encontrou na Europa, Ygor ganhou experiência e cresceu muito seu rendimento.
 
Ele começou o ano na 76ª. posição do ranking e colocou como objetivo conseguir ser um dos 50 melhores do planeta, objetivo que foi ultrapassado com folga. Em setembro, ele chegou a ser o 35º. do mundo, melhor posição de um brasileiro na história, um lugar acima do que ele ocupa atualmente.
 
Em 2017, Ygor Coelho foi, no primeiro semestre, campeão pan-americano e do challenger do Peru, vice do Brasil Internacional e do Aberto da Polônia e medalha de bronze do Orleans Internacional, na França. Ou seja, subiu no pódio de todos os torneios que disputou até o meio do ano. Por conta desses resultados, subiu no ranking o suficiente para entrar nas chaves de competições mais importantes.
 
Ygor Coelho até as quartas de final do Grand Prix do Canadá em julho e às oitavas do US Open. Em seguida, encarou o grande desafio do ano. Foi disputar pela primeira vez na carreira o Mundial de badminton, na Escócia. O brasileiro foi eliminado na segunda rodada, mas fez um jogo duríssimo contra o chinês Shi Yuqi, quarto colocado do ranking mundial, que só conseguiu vencer depois de três suados sets.
 
Após o Mundial, Ygor começou sua temporada de Super Series, que reúne os torneios mais valiosos do circuito mundial de badminton. Chegou à segunda rodada na Coreia do Sul, mas foi eliminado no qualifying no Japão e na primeira rodada na Dinamarca. Na França, ele perdeu para NG Ka Long Angus, de Hong Kong, nono colocado do ranking mundial, em três sets emocionantes.  Depois do torneio desta semana, o brasileiro disputa ainda o Grand Prix da Escócia. O objetivo é encerrar a temporada entre os 30 melhores do planeta.
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook