Esquiva Falcão luta nos EUA de olho no título mundial dos médios

Esquiva deve disputar o título mundial dos médios em 2019 / Foto: Flávio Perez | On Board SportsEsquiva deve disputar o título mundial dos médios em 2019 / Foto: Flávio Perez | On Board Sports

EUA - O brasileiro Esquiva Falcão já está em Kissimmee (EUA) para sua 21ª luta como profissional. O medalhista olímpico enfrenta o mexicano Jonathan Tavira no próximo sábado (28). A luta será transmitida pelo Canal Combate, às 23h.
Nesta quinta-feira (26), o atleta capixaba participou da coletiva de imprensa junto com os outros destaques do card principal do Kissimmee Civic Center. O main event será Christopher Diaz (Porto Rico) vs Masayuki Ito (Japão) pelo título júnior dos leves da WBA.
 
O destaque da coletiva de imprensa foi a fala do CEO da Top Rank, promotora das lutas de Esquiva Falcão. Bob Arum garantiu que o brasileiro vai disputar o cinturão dos médios em 2019. ''Ele (Esquiva) é um dos lutadores mais populares do Brasil...Agora, em algum momento do próximo ano, ele vai disputar o título''.
 
Ryota Murata, detentor do título da WBA, tem evitado enfrentar o capixaba pelo cinturão dos médios (até 72kg). Mas a Top Rank garantiu que a luta será feita em nove meses, caso os dois vençam seus próximos oponentes.
 
Depois da luta de sábado, em caso de vitória, o brasileiro faz o co-main event (segunda luta principal) do combate de Ryota Murata no MGM Grand ou Mandalay Bay em 20 de outubro. O staff de Esquiva Falcão já trabalha com a possibilidade da luta contra Ryota Murata desde o início de 2018, mas o japonês tem evitado o combate.
 
''Todas as lutas que se aproximam do cinturão são importantes e duras. Sempre entro preparado na luta com foco no adversário e não no cinturão. Minha regra é: entrou, lutou e ganhou. Com o passar dos anos estou entrando ainda mais concentrado nas lutas. Estou ficando mais experiente também'', disse Esquiva Falcão, invicto na carreira.
 
 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Curta - EA no Facebook