Começa nesta terça-feira (26) o Mundial de Canoagem Slalom na França

Com oito atletas na competição os brasileiros querem trazer bons resultados do evento / Foto: Divulgação/CBCaCom oito atletas na competição os brasileiros querem trazer bons resultados do evento / Foto: Divulgação/CBCa

França - A cidade de Pau, o berço da Canoagem Slalom na França, será o local da competição mais importante da modalidade no ano: o Campeonato Mundial de Canoagem Slalom. As provas iniciam nesta terça-feira (26) e irão até domingo (01), e contará com mais de 500 atletas de 59 nações.
 
Simultaneamente acontecerá o Mundial de Canoagem de Descida, mas a delegação brasileira conta com oito atletas disputando exclusivamente a Canoagem Slalom. Ana Sátila quer continuar garantindo finais e brigar por medalhas, Pedro Gonçalves resgata as forças dos Jogos Olímpicos do ano passado, onde foi o sexto colocado, para chegar entre os finalistas. Renan Soares, Guilherme Mapelli, Charles Corrêa, Felipe Borges, Leonardo Curcel e Omira Estácia são os outros brasileiros no evento.
 
Ano passado o Campeonato Mundial Sênior não foi realizado por ser um ano olímpico, mas a canoísta Ana Sátila guarda boas lembranças da última edição, realizada em Londres em 2015. Ela participou de duas categorias e obteve resultados inéditos no caiaque e na canoa, garantindo o 9º lugar no C1 e 11º no K1. De lá para cá ela analisa que amadureceu profissionalmente e principalmente após a participação no Rio 2016, quando ficou apenas nas classificatórias. “Nunca esquecerei todo o aprendizado que eu conquistei naquela competição e sempre tento levar toda essa bagagem e experiência para todas minhas competições”, fala. Hoje, um ano depois da competição olímpica, ela carrega na bagagem duas medalhas de prata, uma durante a 5ª Etapa da Copa do Mundo realizada ano passado em Praga e outra agora em 2017 no Mundial Júnior Sub-23, além de um ouro no K1 Extremo na 5ª Etapa da Copa do Mundo em La Seu d’Urgell, na Espanha, também neste ano. “Estou muito confiante! Esse Mundial é o mais importante para mim e eu me preparei bastante para estar aqui, tenho treinado muito exigindo o melhor de mim e tenho certeza que esse é o caminho para conquistar meus objetivos”, comenta. Ela disputará três provas, o C1, K1 e K1 Extremo. A outra representante feminina que também estará com Sátila nas disputas é sua irmã mais nova Omira Estácia, que marca sua estreia em Mundiais, “quero dar o meu melhor, nas três categorias”, diz.
 
Embalado pela lembrança dos Jogos Olímpicos Rio 2016 quando conquistou a 6ª posição no K1 Masculino, Pedro Gonçalves quer buscar uma final inédita no Mundial, e, depois de boas descidas durante as etapas da Copa do Mundo deste ano ele acredita que está próximo do objetivo. “Todo evento é um degrau atrás do outro, nosso objetivo é estar entre os 10 melhores do mundo. É uma prova muito intensa, o psicológico manda muito nas competições, este é o nosso momento e estou fazendo o melhor a cada dia”. Em 2015 Pepe ficou em 15º lugar no K1 Masculino por equipes e 18º no caiaque individual. Além do caiaque ele disputará o K1 Extremo, categoria que lhe garantiu o 4º lugar na Espanha, durante a 5ª Etapa da Copa do Mundo. Renan Soares é atleta do K1 Masculino e estreante na competição, “É o meu primeiro Mundial Sênior, vem aquele friozinho na barriga” comenta, além de Renan e Pepe o gaúcho Guilherme Mapelli completa o trio do caiaque, “a cada treino que faço me sinto melhor e mais preparado para a competição”, afirma. Os três atletas entrarão amanhã (26) na água pelo K1 Masculino por Equipes.
 
Para o trio de atletas da canoa, o objetivo da competição é garantir vaga na semifinal, Charles Corrêa, agora focado no C1 Masculino, e em sua quarta disputa de Mundial comenta, “já consegui uma semifinal este ano em uma Copa do Mundo, e estou bastante confiante”, lembra o atleta que também está na disputa do K1 Extremo. Leonardo Curcel que há vários anos compete internacionalmente como atleta da Canoagem Slalom busca um resultado expressivo na modalidade e acredita que o circuito de Pau pode ser o diferencial, “É minha pista favorita, estou gostando muito do tempo que estou passando aqui e aproveitando cada minuto dos treinos para fazer uma boa prova”, esclarece. Outro atleta nas disputas da canoa é Felipe Borges, que ao lado de Charles e Leonardo participará do C1 Masculino por Equipes.
 
A competição tem início na terça-feira (26/09) e acontece até o domingo (01/10). Todo o evento terá transmissão ao vivo pelo canal do Youtube na Federação Internacional de Canoagem, clique aqui.
 
Equipe Brasileira na Europa
 
Equipe Técnica
Denis Terezani – Chefe de Equipe
Cassio Ramon Petry – Técnico
Diórgines Antunes - Fisioterapeuta
Fábio Canhete – Assessor de Imprensa
 
Atletas
Ana Sátila
Charles Corrêa
Felipe Borges
Guilherme Mapelli
Pedro Gonçalves
Leonardo Curcel
Renan Soares
Omira Estácia
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook