Equipe gaúcha estreia na 15ª Volta à Ilha de Santo Amaro de Canoas

Prova terá 7,5km de distância / Foto: Arquivo PessoalProva terá 7,5km de distância / Foto: Arquivo Pessoal

São Paulo - Recém-formada e sem experiência em remar no mar, a equipe gaúcha Poava’a/Sava Clube fará sua estreia em disputas em grande estilo, enfrentando o 15º Desafio Volta à Ilha de Santo Amaro de Canoas. A prova mais longa prova da modalidade no Brasil será realizada no sábado, dia 10 de março, na Baixada Santista. Os nove atletas enfrentarão os 75 km de remadas ininterruptas com uma expectativa: completar o percurso.
 
O capitão da equipe, Glauco Schultz, conheceu pessoalmente a disputa em 2017 e, desde então, colocou como meta a participação. “Sempre acompanhamos as disputas pela internet e tínhamos como referência de prova nessa modalidade. No ano passado estive em Santos para conhecer de perto a canoagem, os fabricantes e fazer cursos práticos. Acompanhei todo o percurso na lancha da organização e voltei para Porto Alegre muito entusiasmado”, recorda.
 
A formação da equipe foi efetivada só em janeiro e apesar do pouco tempo de preparação, a animação é grande. “Discutimos os objetivos e metas no grupo, com a mediação de um coach com experiência em provas de endurance. Definimos que queremos completar a prova e aproveitar muito cada remada, sentir cada metro percorrido e nos abraçarmos e comemorarmos muito quando chegarmos na praia”, afirma Glauco.
 
Os treinos foram feitos todos no Guaíba, que oferece condições de ondas, ventos e correntezas, mas bem diferente de uma situação adversa de mar. “Com ondulações grandes, não estamos preparados, por nunca termos enfrentado essas condições. Mas temos uma visão estratégica sobre como devemos nos comportar”, reconhece.
 
O time conta com atletas com idades dos 34 aos 62 anos, alguns deles com mais experiência esportiva em canoagem e stand up e até Triathlon Ironman, outros que remam por lazer e até quem começou a remar recentemente e está em aperfeiçoamento da técnica. “Essa diversidade é que faz com que o time seja forte. Sempre, em cada treino, aprendemos algo novo um com o outro”, fala Glauco, que terá na equipe os remadores Erisson dos Santos, Igor Monteiro, Nilton Marcon, Ubiratan Guedes, Alex Medeiros, Leandro Sabadin, Claiton Eduardo Luiz, Juan Diego Ortiz, além dos apoios Petrônio Capparelli e Sandra Valente.
 
A prova terá largada e chegada na Praia da Aparecida, em Santos, com o percurso margeando toda a Ilha de Santo Amaro, onde fica Guarujá, no sentindo anti-horário, primeiro pelo mar e depois em águas abrigadas no Canal de Bertioga e no Porto de Santos. Serão 33 equipes, novo recorde de participação, com mais de 600 pessoas envolvidas diretamente no mar.
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook