Igor Amorelli estreia em Bariloche no circuito Ironman

Início de temporada será nesse final de semana / Foto: Romulo CruzInício de temporada será nesse final de semana / Foto: Romulo Cruz

Santa Catarina – Após um ciclo de muitas conquistas e bons resultados no ano passado, a temporada competitiva do triatleta Igor Amorelli começa neste final de semana com algumas mudanças e o foco em um bom resultado no Mundial de Kona.
 
O primeiro compromisso de 2018 será na distância olímpica da prova Heróis do Ttriathlon, que acontece neste domingo, dia 18 de fevereiro, em Penha (SC), e servirá de base para o primeiro desafio internacional da temporada, o Ironman 70.3 Bariloche, marcado para 11 de março na Argentina.
 
Mesmo após subir ao pódio em cinco das oito provas que disputou em 2017, cravar dois títulos da franquia Ironman, 70.3 de Palmas e Miami, e obter seu melhor desempenho no mundial de Kona, o triatleta Igor Amorelli encerrou o ano projetando melhorias para a temporada seguinte. "O ano de 2017 foi muito bom, mas ao mesmo tempo eu sei que tenho mais para render. Para essa temporada vamos mudar alguns aspectos para buscar evoluir e conquistar melhores resultados", comenta Igor.
 
Matematicamente classificado para o Ironman World Championship deste ano, Igor inicia a temporada com a possibilidade de planejar o calendário de forma mais estratégica. Além do Ironman 70.3 Bariloche, o triatleta já definiu o Ironman 70.3 Florianópolis, em abril, e Ironman Brasil, em maio, ambos na capital catarinense, como suas provas do primeiro semestre.
 
"O fato de estarmos classificados não quer dizer que dá para aliviar ou diminuir o ritmo. Muito pelo contrário, agora é a hora de acertarmos todos os detalhes, treinando de forma inteligente e escolhendo bem as provas. Competir duas vezes em Floripa será um prazer enorme, pois é do lado de casa e tem toda a vantagem de não se cansar com as viagens longas", completa.
 
Ironman 70.3 Bariloche - Assim como em 2017, Igor estreia na temporada em uma prova realizada em solo argentino. Porém, diferente do ano passado, o destino será Bariloche, prova que estreia no calendário Ironman. Terceiro colocado no 70.3 Buenos Aires e no Ironman Mar del Plata, o catarinense carrega boas recordações da Argentina e espera começar o ano tão bem quanto terminou 2017.
 
"Estou bem animado para essa primeira prova do ano na Argentina. A organização dos eventos lá sempre é muito boa e tem a vantagem de ser uma viagem não tão longa", comenta Igor, que antes de viajar para Bariloche competirá no Heróis do Triathlon na distância olímpica.
 
Veja Também: 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook