Aviso de regata da terceira etapa da Copa Suzuki Jimny já está disponível

Tomgape/Touché lidera a ORC / Foto: Aline Bassi / BalaioTomgape/Touché lidera a ORC / Foto: Aline Bassi / Balaio

Ilhabela - A organização da Copa Suzuki Jimny já disponibiliza para os velejadores o Aviso de Regata para a terceira etapa da competição, considerada uma das maiores do País. Nos dias 22, 23, 29 e 30 de setembro, o Yacht Club de Ilhabela (YCI) receberá os principais nomes da vela de oceano em barcos das classes ORC, C30, HPE25, RGS e M-24.5. As inscrições serão feitas no YCI nos dias 21 e 22 de setembro de 2012, na secretaria do evento, com valor de R$ 80,00 por tripulante (exceto mirim, que é isento). A previsão é que mais de 50 equipes participem das provas no litoral norte paulista.
 
"Na última etapa em junho, chamada Warm Up, levamos 58 barcos à Ilhabela, o que mostra a importância e capacidade de organização da Copa Suzuki Jimny. Os números aumentam a nossa responsabilidade. Dentro da água é evidente uma disputa equilibrada e acirrada, principalmente nas classes one-design, como a HPE. Isso faz com que o velejador intensifique os treinos e busque sempre um melhor resultado", relata Carlos Eduardo Souza e Silva, diretor de vela do YCI. 
 
A classe HPE, a que conta com maior número de veleiros entre as classes que não precisam de rating, tem três equipes praticamente empatadas no campeonato, após duas etapas. O resultado acumulado do Circuito Ilhabela aponta o SER Glass Eternity (Marcelo Bellotti) na liderança com o mesmo número de pontos do Jimny/Take Ashauer (Marcos Ashauer). Com um ponto atrás vem o SX 4/Bond Girl (Rique Wanderley). O atual campeão, o Ginga (Breno Chvaicer), segue em quarto. No Warm Up, 22 barcos competiram em Ilhabela.
 
Outra categoria que promete é a C30. Após a estreia mundial da classe em 2011, justamente em uma etapa da Copa Suzuki Jimny, mais veleiros foram adquiridos e podem fazer parte das regatas em setembro. ORC, BRA-RGS e M-24.5 estão no calendário, Essas, porém, não são iguais e precisam de rating para definir o vencedor.
 
O líder acumulado da ORC é o antigo Touché, hoje batizado de Tomgape (Ernesto Breda). Na ORC 30 pés, o melhor aproveitamento em duas etapas é do Sextante (Thomas Leomil Shaw). Na RGS A, a ponta é do Fram (Felipe Aidar). Na subdivisão B, o líder é o Nomad (Márcio Dottori), na C é o Ariel (Luis Pimenta) e na Cruiser, o Helios II - Hospital Sírio Libanês (Marcos Lobo). Entre os barcos de one-design da C30, mesmo com a ascensão do Loyal (Marcelo Massa), o primeiro colocado é o Barracuda/Matrix (Humberto Diniz).
 
O Regulamento do Circuito Ilhabela de Vela de Oceano também está disponível no site do YCI www.yci.com.br, assim como determinações e regras das classes. A estadia dos veleiros competidores é livre no YCI para os barcos de fora da cidade apenas no período de 15 de setembro a 7 de outubro de 2012.
 
A última etapa será disputada entre 24 e 25 de novembro e 1 e 2 de dezembro. A Copa Suzuki Jimny teve duas etapas no primeiro semestre : a primeira, em março, e a segunda, o Warm Up, em junho. 
 
Resultados acumulados da Copa Suzuki Jimny:
 
ORC - após 11 regatas e dois descartes
1º - Tomgape (Ernesto Breda) - 9 pontos perdidos
2º - Orson/Mapfre (Carlos Eduardo Souza e Silva) - 25 pp
3º - Tembó Guaçu (André Omati) - 28 pp
 
ORC 30 pés - após 9 regatas e dois descarte
1º - Sextante (Thomas Leomil Shaw) - 7 pp
2º - Zeppa (Diego Zaragoza) - 19 pp
3º - Mashallah (Guillermo Henderson) - 19 pp
 
HPE - após 16 regatas e dois descartes
1º - SER Glass Eternity (Marcelo Bellotti) - 57 pp
2º - Jimny/Take Ashauer (Marcos Ashauer) - 57 pp
3º - SX 4/Bond Girl (Carlos Henrique Wanderley) - 58 pp
4º - Ginga (Breno Chvaicer) - 64 pp
5º - Repeteco (Fernando Haaland) - 82 pp
 
BRA RGS A - após 11 regatas e dois descartes
1º - Fram (Felipe Aidar) - 14 pp
2º - BL3 (Clauberto Andrade) - 23 pp
3º - Inaê Transbrasa (Bayard Umbuzeiro) - 28 pp
 
BRA RGS B - após 11 regatas e dois descartes
1º - Nomad (Márcio Dottori) - 12 pp
2º - Asbar II (Sérgio Keplacz) - 23 pp
3º - Anequim (Paulo de Moura) - 26 pp
 
BRA RGS C - após 11 regatas e dois descartes
1º - Ariel (Luis Pimenta) - 13 pp
2º - Rainha (Leonardo Pacheco) - 14 pp
3º - Conquest (Marco Hidelgo) - 32 pp
 
BRA RGS Cruiser - após 11 regatas e dois descartes
1º - Hélios II - Hospital Sírio Libanês (Marcos Lobo) - 9 pp
2º - Cocoon (Marcelo Cagiano) - 21 pp
3º - Pirajá (Rubens Bueno) - 25 pp
 
C30 - após 12 regatas
1º - Barracuda/Matrix (Humberto Diniz) - 20 pp
2º - Loyal (Marcelo Massa) - 24 pp
3º - +Realizado (José Apud) - 28 pp

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook