Fórmula 1 inspira equipe SER Glass de HPE na Copa Suzuki Jimny

SER Glass busca título brasileiro de HPE em 2013 / Foto: Aline Bassi/Balaio SER Glass busca título brasileiro de HPE em 2013 / Foto: Aline Bassi/Balaio

São Paulo - A equipe SER Glass de HPE é a única a levar dois barcos para a disputa da Copa Suzuki Jimny, a partir deste sábado (13), em Ilhabela (SP). A ideia é trazer para a vela o mesmo conceito da Fórmula 1, em que duas escuderias trabalham sob o mesmo teto na busca pelo título individual de seus pilotos. Mas não se engane: nacompetição, é cada um para si. Pelo menos no caso da vela.
 
"Acho que esse conceito de equipe, vindo do automobilismo, pode dar mais visibilidade à categoria e ao campeonato. E facilita nos treinamentos, pois essa, digamos, saudável disputa interna, faz com que cada tripulação queira dar o seu melhor sempre", explica Marcelo Bellotti, comandante do barco SER Glass Eternity. Segundo o velejador, coordenador da equipe, que conta também com o barco SER Glass 10 anos, dificilmente uma tripulação adversária aceitaria treinar com o seu grupo por conta da rivalidade.
 
"Podendo medir forças nos treinamentos, os dois barcos da SER Glass chegarão afinados nas competições de que participarão. Um exemplo dessa interação é que, ao regular o SER Glass 10 anos, eu acabei deixando-o mais rápido que o barco que comando. Então, tive que correr atrás para deixar o meu também veloz", confessa Bellotti
 
O objetivo do SER Glass Eternity é vencer a Copa Suzuki , começando pela etapa que se inicia neste sábado e segue no próximo fim de semana (20 e 21). No ano passado, a tripulação ficou com o vice-campeonato, perdendo a primeira posição para o barco Ginga, mas foi o único da flotilha de mais de 20 barcos a subir no pódio em todas as etapas. Para Bellotti, o rendimento da equipe foi prejudicado com a sua ausência por três meses, período em que se recuperou de uma cirurgia no joelho direito.
 
Para alcançar a vitória este ano, o grupo de Bellotti intensificou os treinamentos. No último final de semana a prioridade foi apurar a velocidade. "Para sermos melhor do que na temporada passada,treinaremos ainda mais. Até o final do semestre, não teremos um único final de semana de descanso por conta dos treinos e competições. É hora de pegar ritmo", revela.
 
Comandado por Marcelo Bellotti, o SER Glass Eternity terá a mesma base da tripulação da temporada passada, com algumas trocas de posição dentro do barco. Diogo Aguiar passará a trimar a vela mestra. Em seu lugar, na proa, entrará um novo tripulante, Hélio Rubens Mateus. Duda Molina trocará a vela mestra pela Genoa e a gestão de manobras.
 
Já o SER Glass 10 Anos terá no comando Trajano Kelmer de volta à vela, após um período de três anos. A seu lado, estarão Júlio Cechetto e Alexandre Wissenbach, com quem já havia velejado na classe Carabelli 53, e Wagner Bojlesen. Na chefia geral da equipe está Amadeu Bueno, enquanto Wallace Attie é o técnico.
 
A primeira etapa da Copa Suzuki ainda servirá de teste para o Campeonato Brasileiro de HPE, que será realizado em maio, também em Ilhabela, o principal objetivo da equipe neste semestre.
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook