Circuito Caixa abre temporada em Belo Horizonte com medalhista olímpica

Lucimar Moura com a medalha olímpica / Foto: Arquivo pessoalLucimar Moura com a medalha olímpica / Foto: Arquivo pessoal

Minas Gerais – Mais tradicional série de provas de corrida de rua do Brasil, o Circuito de Corridas Caixa chega aos 15 anos de atividade em 2018 e abre a nova temporada neste domingo, dia 13, no Parque da Pampulha, em Belo Horizonte.
 
As atividades, contudo, começam nesta sexta-feira, dia 11, e prosseguem no sábado, dia 12, com a retirada dos kits dos atletas e a presença da medalhista olímpica Lucimar Moura, bronze no revezamento 4x100 metros nos Jogos de Pequim/2008.
 
Natural da cidade de Timóteo, a mineira Lucimar vai se sentir em casa em Belo Horizonte. Integrante do programa Herois do Atletismo, a ex-velocista dará palestra ao alunos da Escola Municipal Ulysses Guimarães (Rua Bolívia nº 532, bairro São Pedro, Belo Horizonte). Ela falará para cerca de 350 crianças em dois momentos nesta sexta-feira. A partir das 9h, conversará com alunos da faixa etária entre 9 e 11 anos. Mais tarde, às 14h, será a vez dos menores, entre 4 e 9 anos.
 
Medalha de bronze no revezamento 4x100 metros nos Jogos Olímpicos Pequim, em 2008, Lucimar vai contar um pouco sobre sua vida e carreira do esporte. No sábado, dia 12, é a vez dos demais participantes da etapa de Belo Horizonte do Circuito conhecerem a ex-atleta de perto. Ela estará disponível para fotos e autógrafos durante a entrega de Kits, entre 11h e 12h, na Loja Centauro do BH Shopping.
 
Será a primeira experiência de Lucimar no contato com crianças dentro do Circuito de Corridas Caixa. A medalhista olímpica confessa estar com frio na barriga em função da estreia. “É como a ansiedade antes de uma prova. Mas, assim como na pista, tenho certeza que, quando começar a falar com os meninos e meninas, vai passar. Até porque é uma alegria muito grande fazer parte desta ação. Conversei com outros integrantes do programa Herois e todos me disseram que é bom demais. Quero falar um pouco sobre minha história, especialmente do início, pois foi na escola que tudo começou”, conta.
 
Lucimar Moura foi uma das mais completas velocistas do país. Nas palavras de seu então treinador, Katsuhico Nakaya: "Lucimar sabia fazer bem tanto os 100m quanto os 200m, e ainda era ótima no revezamento". Ex-recordista sul-americana dos 100m e 200m, teve a carreira coroada quando já havia abandonado as pistas, quando a equipe da Rússia, ouro no revezamento 4x100m, foi flagrada no doping dos Jogos Pequim 2008. Com isso, a equipe brasileira, integrada por Lucimar, Rosângela Santos, Rosemar Coelho e Thaissa Presti, que havia terminado na quarta colocação, recebeu do Comitê Olímpico Internacional a medalha de bronze na prova.
 
Veja Também: 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook