Brasileiros vencem etapa de abertura do Circuito Caixa

Giovani cruza em primeiro / Foto: Luiz Doro /adorofoto/HT SportsGiovani cruza em primeiro / Foto: Luiz Doro /adorofoto/HT Sports

Minas Gerais – Festa brasileira na abertura do Circuito de Corridas Caixa, com a participação de 1.850 corredores. No Dia das Mães, Giovani dos Santos e Franciane dos Santos Moura venceram neste domingo, dia 13, no Parque da Pampulha, em Belo Horizonte, Minas Gerais. O campeão da Elite Masculina 10km, fez questão de mandar um recado especial para as homenageadas.
 
“Quero agradecer a Deus, à minha família, meu treinador, Luís Antônio, e em especial à todas mães. Hoje é o dia delas, que são muito especiais nas nossas vidas. Estou muito feliz pela vitória e em poder fazer essa homenagem”, disse, após cruzar a linha de chegada da primeira prova da temporada da mais tradicional série de corridas de rua do Brasil, que completa 15 anos em 2018.
 
Giovani dos Santos, da equipe Luasa Sports Caixa, venceu em Belo Horizonte com o tempo de 29min34, superando a marca do campeão do ano passado, Gilmar Silvestre Lopes, que fez 29min56.
 
Em 2018, Gilmar, que é atleta do Cruzeiro, cravou 29min54 para chegar na segunda colocação. Dono do lugar mais alto do pódio em 2018, Giovani reconheceu que a disputa foi dura. “Foi uma prova muito disputada, com atleta africano e grandes nomes do atletismo de rua do Brasil, Graças a Deus consegui dar o meu melhor e o fruto da minha dedicação nos treinos foi a vitória”, afirmou o corredor.
 
Os quatro primeiro lugares foram todos do Brasil. Damião Ancelmo de Souza, da equipe Bradesco Seguros, cruzou a linha de chegada em terceiro lugar, com o tempo de 30min02, seguido pelo cruzeirense Edmilson dos Reis Santana, com 30min13. O queniano Dennis Kemboi Bera Kusimbra, da Coquinho-Fila/Bioleve, chegou em quinto, marcando 30min16.
 
Feminino - O tempo de 34min24 obtido por Franciane dos Santos Moura para vencer a Elite Feminina dos 10km foi o quinto melhor da história das etapas do Circuito na capital Mineira. “Quero agradecer a Deus por essa conquista. Vencer uma etapa do Circuito Caixa é sonho de todo atleta que treina e se dedica às corridas de rua. Espero disputar mais etapas em 2018. Estou muito feliz. Minha programação de trabalho tem sido bem executada e neste Dia das Mães consegui colocar tudo em prática”, analisou a atleta da Balbino Performance/Manaus. O recorde da prova de Belo Horizonte é de Flomena Checy Daniel, com 33min19, obtido em 2012.
 
Terceira colocada em 2017, a argentina Marcela Cristina Gomez Cordeiro subiu um degrau no pódio. A corredora do Cruzeiro marcou o tempo de 34min50 para conquistar a medalha de prata. A queniana Pamela Chemurgor Talam, da Coquinho-Fila/Bioleve, chegou em terceiro, com o tempo de 35min04. Ela foi seguida por Kleidiane Babosa Jardim, da Bioleve/Orcampi/Unimed, quarta colocada com 35min07; e Camila  Aparecida dos Santos, quinto lugar com 35min27.
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook