Características do atleta que são importantes no mundo corporativo

Objetivo, dedicação e persistência, algumas características que podem fazer de alguém um atleta de ponta são perfeitas no mundo corporativo. Tarsia Gonzalez, palestrante e especialista em gestão de pessoas, explica por quê / Foto: DivulgaçãoObjetivo, dedicação e persistência, algumas características que podem fazer de alguém um atleta de ponta são perfeitas no mundo corporativo. Tarsia Gonzalez, palestrante e especialista em gestão de pessoas, explica por quê / Foto: Divulgação

São Paulo - A carreira de esportistas profissionais, especialmente aqueles que se destacam e chegam a ganhar medalhas olímpicas, ou levar seus times às melhores posições em campeonatos de elite, depende de extremo foco e muita luta.
 
Acompanhando a trajetória de alguns desses ídolos, percebemos que algumas características, como a superação diária, fazem parte da sua história para alcançar o sucesso. Executivos de sucesso têm muitas coisas em comum com os atletas, como a vontade de vencer, a dedicação para treinar e tornar-se cada vez melhor, o foco para tomar decisões rapidamente, a persistência diante de suas limitações, e a humildade, acima de tudo.
 
Para Tarsia, esse modelo que faz de alguém um atleta profissional pode ser incorporado a sua carreira: “o DNA do executivo de sucesso é o mesmo DNA do atleta, o de alguém que não se deixa abater pelo estresse e pelos desafios do dia a dia, ou mesmo pelas oscilações do mercado”, explica a especialista. Nesse caso, ela lembra que o entusiasmo é o combustível para qualquer empreendimento ser bem-sucedido: “um gestor motivado também motiva seus colaboradores, assim como uma pessoa motivada é capaz de conquistar parcerias importantes”, revela.
 
Tarsia explica como as características do atleta podem ser importantes para uma carreira corporativa:
 
1. Vontade – “O entusiasmo é combustível, faz de nós pessoas sonhadoras, empreendedoras, criativas. Quando a vontade de esvai, todo o resto fica comprometido”, enfatiza Tarsia.
 
2. Dedicação – uma carreira não se constrói do dia para a noite. É preciso esforço, coragem, dedicação, treino, disciplina. “E, principalmente, não ter medo das dificuldades”, revela a especialista.
 
3. Persistência – carreiras e empresas são construídas, moldadas, forjadas no dia a dia que, invariavelmente, será feito de altos e baixos. “Quem quer vencer precisa estar preparado para a derrota, para se reerguer constantemente, e sempre se reerguer”, lembra Tarsia.
 
4. Foco – é preciso saber onde se quer chegar, traçar metas e seguir: “a pessoa bem sucedida tem um objetivo forte, assim como o atleta, e quer vencer”.
 
5. Resiliência – saber modificar o próprio comportamento conforme as necessidades do caminho é extremamente importante: “o ser humano é resiliente por natureza, mas usarmos essa característica para nos motivarmos constantemente é um grande desafio e pode fazer a diferença”, finaliza Tarsia.
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook