Renzo Agresta intensifica preparação para 2016

Renzo Agresta: 19º do ranking mundial, ele se prepara para disputar os Jogos Olímpicos pela quarta vez / Foto: Osvaldo F. / Contrapé do JornalismoRenzo Agresta: 19º do ranking mundial, ele se prepara para disputar os Jogos Olímpicos pela quarta vez / Foto: Osvaldo F. / Contrapé do Jornalismo

Rio de Janeiro - Participante de três Jogos Olímpicos (2004, em Atenas; 2008, em Pequim; e 2012, em Londres), o esgrimista Renzo Agresta é o primeiro atleta da modalidade a receber o auxílio financeiro do programa Bolsa Pódio.
 
O nome do atleta saiu na lista de novos contemplados, publicada no Diário Oficial da União (DOU) na última quinta-feira (5.2).  Anteriormente, Agresta fazia parte do grupo que recebia o Bolsa-Atleta. Agora, está em um patamar mais avançado do benefício, devido ao desempenho no ranking mundial.
 
“Assim que o meu nome foi publicado no Diário Oficial da União, a equipe da Bolsa Pódio me mandou um e-mail contando a novidade. Estava na Itália treinando para o início da temporada que vale para a classificação olímpica. Fiquei feliz, pois esse apoio será importante na minha preparação para os Jogos Olímpicos”, disse o esgrimista.
 
Com a Bolsa Pódio, Renzo não esconde que seu ânimo se renovou. “Esse benefício vai ajudar na manutenção dos treinamentos no exterior e isso é fundamental na preparação para os Jogos Olímpicos. Acredito que a Bolsa Pódio irá ter impacto direto na obtenção das principais medalhas olímpicas do Brasil no Rio”, elogiou.
 
Principal nome do país na modalidade, Renzo Agresta, atualmente na 19ª posição do ranking, lembrou-se de quando começou a se aventurar no mundo da esgrima. “Na minha carreira, tive a possibilidade de poder ser o primeiro esgrimista a alcançar alguns resultados inéditos e, agora, fui o primeiro a receber a Bolsa Pódio”, destacou. “Fico feliz em poder ajudar a divulgar mais o meu esporte e possivelmente abrir espaço para atletas da nova geração conseguirem trilhar o mesmo caminho. Existem diversos atletas com potencial para receber o pleito (Bolsa Pódio) e espero um dia poder ver diversos nomes na lista para o benefício. Comecei a treinar com 12 anos e quando iniciei o apoio era integralmente da minha família. Fico feliz em poder mostrar a eles que o apoio que recebi ao longo desses anos está dando frutos”.
 
A ansiedade para conseguir uma vaga para os Jogos Olímpicos Rio 2016 é grande. Mas Agresta está bastante confiante. Tanto por ter conquistado resultados importantes em 2014 quanto pela possibilidade de disputar a quarta Olimpíada da carreira em seu país.
 
“Tive um excelente ano (em 2014), conseguindo o melhor ranking mundial de um brasileiro na história da esgrima. E isso se deve à constância de bons resultados. Além do mais, me consagrei bicampeão individual dos Jogos Sul-Americanos (disputados em Santiago, no Chile, em Março), outro feito inédito no meu esporte. Acredito que ainda existe espaço para melhorar e espero que continue melhorando até os Jogos do Rio”.
 
Para chegar bem preparado para competir em casa em 2016, Agresta planeja fazer diversos estágios na Itália e disputar o máximo de competições do Circuito Mundial. As seletivas para as Olimpíadas do Rio vão de abril deste ano até abril do ano que vem.
 
Veja Também: 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook