"Vergonha de competir pelo Brasil", diz atleta da seleção olímpica

Élora em vídeo publicado na internet / Foto: Reprodução / UOLÉlora em vídeo publicado na internet / Foto: Reprodução / UOL

Rio de Janeiro - A esgrimista brasileira Élora Ugo Pattaro surpreendeu a web ao publicar um depoimento em que anuncia sua desistência de participar da preparação para as Olimpíadas de 2016. Os motivos alegados giram em torno da total falta de apoio à seleção, segundo a atleta paulista. 

"Apesar de eu não ser uma atleta que iria com certeza ganhar medalha, eu não quero representar o meu país dessa forma, eu tenho vergonha de competir pelo Brasil, sabendo dessas coisas. Tenho vergonha dessas pessoas que são coniventes e concordam com o que está acontecendo", descreve Élora, no vídeo de pouco mais de cinco minutos. 

Com 29 anos, a esgrimista conta que estava na equipe que vem se preparando para 2016 mas que agora saiu. "Porque cheguei em um ponto em que estou completamente sem ajuda, sem patrocínio. Acho que, em grande parte, porque me reuni a um grupo de esgrimistas que pedia transparência, porque não entendemos como a verba estava sendo investida e eles não quiseram nos dizer", conta. 

A atleta já esteve em competições importantes representando o Brasil, como nos Jogos Olímpicos de Atenas, em 2004, e nos Jogos Pan-Americanos, de Santo Domingo, em 2003 e Guadalajara, em 2011. Em 2003, Élora alcançou o vice-campeonato mundial cadete. 

"Olimpíada virou mais uma maneira de ganhar dinheiro, de superfaturar, de explorar, de enganar a gente mesmo, é horrível que estejam usando o esporte e os atletas. É horrível fazer parte disso. Meus dois poderes são de poder falar tudo isso e o poder de escolha. Se a minha energia vai alimentar isso, eu tenho o poder de não participar disso e estou fazendo a minha parte", concluiu Élora.

Confira o vídeo completo da atleta:

 

 

Veja Também: 
 

 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook