Húngaro Aron Szilagy é bicampeão Olímpico no sabre masculino

Aron Szilagy recebe medalha de ouro / Foto: Dean Mouhtaropoulos/Getty ImagesAron Szilagy recebe medalha de ouro / Foto: Dean Mouhtaropoulos/Getty Images

Rio de Janeiro - Mais um ouro para a Hungria na esgrima no Rio 2016. O país, que abriu o quadro de medalhas do esporte com Emese Szasz, viu, nesta quarta (10), sua bandeira no topo do pódio novamente na Arena Carioca 3, desta vez após a vitória de Aron Szilagy, bicampeão Olímpico no sabre masculino. Na outra prova do dia, o florete feminino, a vitória foi da russa Inna Deriglazova.
 
Campeão da mesma prova em Londres 2012, Szilagy ganhou o ouro após derrotar o americano Daryl Homer por 15 a 8 na decisão. O bronze da categoria foi para a República da Coreia, através Jungwan Kim, que superou o iraniano Mojtaba Abdenini também por 15 a 8. 
 
No florete feminino, Deriglazova desbancou a favorita Elisa di Francisca, da Itália, campeã Olímpica em Londres 2012. A atleta da Federação da Rússia venceu a italiana na decisão por apertados 12 a 11. O pódio foi completado pela tunisiana Ines Boubajri, que levou a melhor sobre outra russa, Ainda Shanaeva, por 15 a 11. 
 
“Elisa é uma atleta muito forte e experiente. Sabia que a final não seria fácil, que seria uma verdadeira batalha. Acreditei em mim mesmo quando estava perdendo por 3 a 0. Consegui virar para 7 a 3 e me desconcentrei um pouco, mas graças às orientações do meu técnico consegui manter-me à frente”, disse a atleta russa.
 
A partir desta quinta (11), terão início as competições por equipes da esgrima nos Jogos Rio 2016. A primeira delas será a espada feminina e os combates começam às 9h, com o duelo entre Brasil e Ucrânia.
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook