Renzo Agresta já está na Vila Olímpica e faz preparação final para o Rio

Campeão pan-americano do sabre, esgrimista prioriza qualidade de treinos antes da estreia, no dia 10, com o auxílio de sparring italiano / Foto: Jonne Roriz/Exemplus/COBCampeão pan-americano do sabre, esgrimista prioriza qualidade de treinos antes da estreia, no dia 10, com o auxílio de sparring italiano / Foto: Jonne Roriz/Exemplus/COB

Rio de Janeiro - O esgrimista Renzo Agresta já está no Rio, instalado na Vila dos Atletas, e faz a preparação final para os Jogos do Rio, a quarta Olimpíada da carreira. O campeão pan-americano do sabre saberá nesta quinta-feira (4/8/2016), no sorteio, qual será o seu primeiro adversário na disputa - ele compete no dia 10 de agosto, a partir das 13h15, na Arena Carioca 3.
 
Renzo chegou ao Brasil, vindo da Itália, no dia 31. Desde então, manteve a rotina de um treinamento técnico de esgrima por dia. "O treinamento está bacana. Temos um espaço só nosso no Riocentro. É perto e só do Brasil, privativo", contou. "Estou na Vila desde o primeiro dia e tudo está funcionando bem. A nossa Vila é maior do que a de Londres, estou gostando. Da Vila ao local de treinamento, está tudo organizado, funcionando bem." 
 
Com treino técnico complementado por trabalho físico ou fisioterapia, Renzo ainda não conheceu toda a Vila dos Atletas. "Eu dei uma caminhada, fui na área de convivência do Time Brasil. Quero andar pela Vila toda, para matar a curiosidade, mas o descanso é a prioridade."
 
O esgrimista fez sua última competição em 24 de junho, quando foi campeão do Pan-Americano do Panamá. Depois, retornou para a Itália, onde mora e fez a maior parte de sua preparação do ciclo olímpico. Renzo passou três semanas na cidade de Fórmia treinando com a seleção italiana. "Foi bom para sair um pouco de Roma (onde vive), mudar o ambiente, ficar mais focado. Depois voltei para Roma para um treinamento também de muita qualidade." 
 
Na capital italiana, Renzo teve como companheiro de treinos o esgrimista Aldo Montano, medalhista nas três últimas edições olímpicas. Na pista, foi orientado por seu técnico, Alessandro di Agostino, e jogou com Alberto Pellegrini, atleta da seleção italiana que não se classificou aos Jogos.
 
Alberto Pellegrini, aliás, é um reforço para a preparação final de Renzo no Rio. "A gente treina junto em Roma, temos o mesmo treinador, e ele compete pela seleção italiana. Infelizmente, não se classificou para a Olimpíada, mas tem um ótimo nível. Quando surgiu a possibilidade de ele vir ao Brasil, ele topou na hora. E está me ajudando demais. Vou treinar por quase dez dias até competir, então é importante treinar com um bom atleta para manter o nível de jogo."
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook