Brasileiro Yan Gomes brilha e Paulo Orlando tem lesão confirmada

Após um começo de temporada abaixo no bastão, Yan Gomes foi decisivo e responsável por 5 dos 8 pontos feitos pela equipe de Cleveland, na partida disputada ontem em Houston / Foto: DivulgaçãoApós um começo de temporada abaixo no bastão, Yan Gomes foi decisivo e responsável por 5 dos 8 pontos feitos pela equipe de Cleveland, na partida disputada ontem em Houston / Foto: Divulgação

EUA - O brasileiro Yan Gomes definitivamente parece ter feito as pazes com o bastão na Major League Baseball.
 
Depois de um spring training e começo de temporada regular com baixo aproveitamento nas rebatidas, o receptor foi decisivo no confronto de ontem, no Minute Maid Park, casa dos Astros. Na vitória de 8 x 6 em cima do time do Texas que tem a melhor campanha de toda MLB, Gomes teve uma atuação impecável no ataque.
 
O catcher brasileiro começou seu show particular na segunda entrada, quando conseguiu uma rebatida dupla impulsionando seu companheiro Edwin Encarnacion abrindo o placar para equipe de Cleveland e empatando a partida naquele momento. Na mesma entrada Yan acabou impulsionado por uma rebatida simples de Jason Kipnis, virada dos Indians, 2x1. Na terceira entrada Yan continua sua exibição inspirada com um Homerun de três corridas, quando dois jogadores já estão em base, deixando a partida em 5x1. O lance ainda ficou marcado por ser o homerun mais distante batido por qualquer jogador do Indians essa temporada. Já na quarta entrada para completar a noite iluminada, Yan é atingido por um arremesso, o que não parece bom, mas o lance faz com que ele avance uma base e ainda impulsione mais companheiro para anotar outra corrida.
 
Os números do brasileiro, camisa 7 do Cleveland Indians foram:
 
2 rebatidas em 3 participações no bastão;
1 rebatida dupla;
1 Homerun de 3 corridas;
2 corridas anotadas;
5 corridas impulsionadas.
 
Na temporada são 30 jogos com:
 
24 rebatidas;
8 rebatidas duplas;
12 corridas anotadas ;
11 corridas impulsionadas;
 
Assista aos vídeos com desempenho do brasileiro: 
 
 
 
 
 
 
Paulo Orlando - a nota triste fica para o brasileiro que teve confirmada fratura na tíbiaapós ser atingido por uma foul ball rebatida por ele mesmo. Após um começo difícil no Kansas City Royals, Paulo foi rebaixado a Triple A e ainda não tem previsão de retorno aos campos da filial dos Royals, o Omaha Storm Chasers.
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook