Itajaí recebe o Park Jam com os maiores nomes do skate mundial

Atletas comemoram a possibilidade de competir em um dos maiores berços do skate brasileiro / Foto: Fernando SoutelloAtletas comemoram a possibilidade de competir em um dos maiores berços do skate brasileiro / Foto: Fernando Soutello

Santa Catarina - O Oi Park Jam acontece de 24 a 28 de janeiro, e os atletas já vivem a expectativa para o evento que será realizado no Édem Skatepark, em Itajaí (SC), na Praia Brava. O estado de Santa Catarina é um dos berços do skate nacional, que já revelou nomes de peso como Pedro Barros, Vi Kakinho, Yndiara Asp e Isadora Pacheco, entre outros. O evento será disputado na modalidade Park, que junto com o Street, fará parte dos Jogos Olímpicos de 2020, em Tóquio.
 
"Estou muito confiante e animada para o Oi Park Jam. Estou praticando bastante antes da competição. A pista de Itajaí é muito boa, já andei muitas vezes lá e gosto bastante. Então é entrar para dar o meu melhor, são competidoras muito boas, vamos ver o que vai dar", disse Yndiara Asp, campeã brasileira e melhor brasileira classificada no ranking mundial.
 
Com uma constelação de atletas competindo, o Oi Park Jam promete muitas manobras e muita emoção para o público presente, que poderá contar também com uma programação voltada exclusivamente para os amantes do esporte. De quarta a domingo, o público terá a chance de curtir vários eventos em casas noturnas da cidade, que terão a chancela do Oi Park Jam, além da festa de encerramento oficial que também vai rolar na Praia Brava.
 
Apesar de ter nascido no Rio de Janeiro, Nilo Peçanha valorizou a oportunidade de poder competir em um espaço contemplado pela natureza e que 'respira' o lifestyle do skate. 
 
"O evento acontecer na Praia Brava é muito legal. A energia faz toda a diferença, lá tem um visual incrível, é praticamente dentro da praia em um local que respira o skate. Então, eu acho que o público vai aproveitar muito e a gente também. Gostamos de lugares acessíveis e com uma natureza em volta. Tem tudo para ser um grande evento".
 
O Oi Park Jam será uma grande oportunidade para o público acompanhar de perto os grandes skatistas do mundo, além de conhecer melhor a modalidade park, que junto com o street, será disputada nos Jogos Olímpicos. A modalidade é uma mistura de bowl (que tem formato de piscina, com paredes de 3 a 4 metros), banks (mesmo formato, mas com paredes menores) e um pouco de street. No park é preciso que os obstáculos tenham conexões, para que o skatista consiga completar uma manobra e entrar em outra transição para emendar mais manobras.
 
Segundo o regulamento do torneio, dez mulheres serão divididas em duas baterias, classificando as quatro melhores para a final. No masculino oito atletas já estão pré-classificados para as semifinais. As eliminatórias serão realizadas em quatro baterias, com quatro skatistas. O tempo máximo de apresentação será de 30 segundos, sem direito a continuar em caso de erro. Os oito melhores avançam e se juntam aos oito atletas pré-classificados para a disputa da semifinal que seguirá o mesmo formato. Os seis melhores disputam a final. A competição terá premiação total de R$ 80.000 (feminino e masculino).
 
A programação do torneio inclui de 24 a 26 de janeiro a realização de treinos oficiais. No dia 27, sábado, conta com à transmissão ao vivo do SporTV, com as fases classificatórias e semifinais. Já no domingo, dia 28, a transmissão fica por conta das finais feminina e masculina, e poderá ser acompanhada dentro do Esporte Espetacular, na TV Globo.
 
 

 

 

 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook