Paulistas dominam primeira etapa do Rip Curl Grom Search

Surfistas de 10 estados disputaram o evento e teve Sophia Medina ganhando a etapa femina / Foto: Marcio DavidSurfistas de 10 estados disputaram o evento e teve Sophia Medina ganhando a etapa femina / Foto: Marcio David

Santa Catarina - Os paulistas saíram na frente nas quatro finais na etapa inicial do Rip Curl Grom Search 2018, ontem, dia 28 de janeiro, na Prainha, em São Francisco do Sul/SC. Eduardo Motta foi o campeão da mirim (sub16); Sophia Medina, irmã caçula de Gabriel Medina, levou na feminina (sub16); Caio Costa foi o melhor da iniciante (sub14); e Guilherme Fernandes faturou a grommet (sub12).
 
Caio e Guilherme foram dois grandes destaques no evento. O primeiro fez duas finais, sendo o quarto na mirim, enquanto que o segundo garantiu a única nota dez, para somar 19 pontos de 20 possíveis. A competição, que contou com boas ondas de até 1,5 metro, reuniu surfistas de dez estados e também prestou homenagem ao surfista Jean da Silva, falecido em 2017 e que por dez anos foi atleta da equipe Rip Curl.
 
Dos quatro vencedores, Eduardo Motta e Caio Costa já são “velhos” conhecidos, com títulos no Circuito, na grommet. Sophia e Gui comemoraram as suas primeiras conquistas em grande estilo. Os “donos da casa” também chegaram junto, tendo atletas nas quatro finais, sendo três deles em segundo lugar: Wallace Vasco, na mirim, Lanai Henrique, na feminina, e Heitor Mueller, na iniciante. Davi Glazer foi o quarto na sub12.
 
Vale ressaltar que Heitor Mueller, local da Prainha, foi o grande nome do primeiro dia, garantindo um 9,5. O Instituto Gabriel Medina (IGM) também foi destaque vencendo três das quatro categorias, com Gui, Caio e Sophia. No total, foram nove atletas entre os 16 finalistas da etapa.
 
“Foi uma grande surpresa positiva ter vindo mais uma vez, depois de tanto tempo, a São Francisco do Sul. O Rip Curl Grom Search já foi disputado em 2001 aqui, quando o Jean da Silva ganhou e entrou para a equipe. E ele ficou dez anos com a marca, até 2010. Fizemos a homenagem e só por esse motivo já foi especial ter voltado para cá”, falou o gerente de marketing da Rip Curl, Fernando Gonzalez.
 
Ele também elogiou as condições da etapa, tanto do mar quanto de público. “O final de semana foi muito bom, com altas ondas, praia cheia, sol. Foi muito legal”, acrescentou. “A gente também teve mais um motivo para comemorar, pela vitória da Sophia, a primeira dela no Rip Curl Grom Search. Deixou o final de semana ainda mais alegre para nós da Rip Curl e só comprova que ela tem um futuro brilhante pela frente”.
 
GABRIEL MEDINA - Quem também vibrou com a vitória de Sophia foi Gabriel Medina, que acompanhou a disputa pela transmissão ao vivo pela internet e logo após postou um depoimento em sua rede social. “Parabéns pequena! Feliz por você. Aproveita! Te amo”, declarou o primeiro brasileiro campeão mundial e que também passou pelo Rip Curl Grom Search quando adolescente, sendo também campeão internacional, em 2010, na Austrália, antes de explodir como profissional.
 
FINAL INTERNACIONAL – Os campeões da mirim e da feminina, na soma das duas etapas, estarão garantidos na final internacional do evento, em algum lugar do mundo, com a viagem custeada pela Rip Curl, um prêmio mais do que especial para talentos da nova geração. “Agora vamos partir para Búzios para definir os campeões que representarão o Brasil. Queremos agradecer o apoio da Prefeitura de São Francisco do Sul para o sucesso do nosso evento”, completou.
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook