Melo e Kubot ganham em jogo difícil e estão nas quartas de final do Australian Open

Melo e Kubot vão em busca da semifinal / Foto: Gerry Weber Open_KetMelo e Kubot vão em busca da semifinal / Foto: Gerry Weber Open_Ket

Austrália - Três jogos, três vitórias e a vaga nas quartas de final do Australian Open. Na madrugada desta segunda-feira, dia 22 de janeiro, em Melbourne, na Austrália, Marcelo Melo e Lukasz Kubot tiveram de superar uma difícil partida para confirmar seu favoritismo e derrotar o norte-americano Rajeev Ram e o indiano Divij Sharan de virada, por 2 sets a 1, parciais de 3/6, 7/6(7-4) e 6/4, em 2h12min, pelas oitavas de final do primeiro Grand Slam do ano.
 
Agora, a dupla cabeça de chave número 1 do Australia Open vai em busca de um lugar na semifinal do torneio, enfrentando, em dia e horário a serem definidos, os vencedores da partida entre o japonês Ben Mclachlan e o alemão Jan-Lennard Struff e os espanhóis Pablo Carrero Busta e Guillermo Garcia-Lopez.
 
"Jogo muito duro. Começamos muito bem com um break na frente, mas depois que eles quebraram baixamos muito o nível até a metade do segundo set, quando conseguimos nos reencontrar até fechar o tie break. Grand Slam é torneio longo e não dá para jogar muito bem todo dia. O importante é estar confiante e manter a calma para conquistar a vitória, como fizemos hoje", explicou Marcelo.
 
Vitória de virada - No primeiro set, Melo e Kubot quebraram o serviço dos adversários no quinto game, fazendo 3/2. Mas, Ram e Sharan - cabeças de chave 16 - devolveram o break na sequência, deixando tudo igual. Isso fez com que crescessem no jogo e fizessem quatro games seguidos, com mais uma quebra, para fechar em 6/3. O segundo set foi de muito equilíbrio, com as duas duplas mantendo os seus serviços. Assim, a reação veio apenas no tie break, quando Melo e Kubot marcaram 7-4 para fechar a série em 7/6 e empatar a partida. A igualdade continuou no terceiro set até o sétimo game, quando aproveitaram o break para marcar 4/3. Daí em diante, mantiveram o controle do jogo, fechando em 6/4, para comemorar a difícil vitória de virada e a vaga nas quartas de final.
 
Melo e Kubot dividem a liderança do ranking mundial individual de duplas e jogam na Austrália como principais favoritos. Melo busca o inédito título no Australian Open - conquistou dois Grand Slam, Roland Garros 2015 e Wimbledon 2017. Kubot já foi campeão, na edição 2014, em parceria com o sueco Robert Lindstedt. É a segunda vez que disputam juntos o Grand Slam em Melbourne e já superaram a campanha do ano passado, quando chegaram até a terceira rodada. 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook