Pinheiros contrata oposta destaque do vôlei norte-americano

A oposta Kelsie Payne foi líder nas estatísticas ofensivas dos campeonatos norte-americanos / Foto: Divulgação / NCAAA oposta Kelsie Payne foi líder nas estatísticas ofensivas dos campeonatos norte-americanos / Foto: Divulgação / NCAA

São Paulo – As estatísticas do vôlei confirmam a impulsão e a potência desferida por Kelsie Payne como um diferencial nas jogadas ofensivas do time de Kansas no NCAA (National Collegiate Athletic Association), principal campeonato norte-americano de universidades. Líder em bolas atacadas, a oposta de 22 anos e 1m92 de altura, tornou-se uma das mais promissoras atletas dos Estados Unidos.
 
Payne ganhou por duas vezes o AVCA All-American, prêmio oferecido aos melhores do vôlei pela Associação Americana de Técnicos de Voleibol. Em 2016, foi eleita a Jogadora do Ano na Conferência Big 12 e conquistou a medalha de bronze com a seleção dos Estados Unidos na Copa Pan-Americana. Em 2017, completou a quarta temporada pelo Kansas.
 
A contratação da jogadora foi sugerida por Sérgio Negrão, treinador que chega ao Pinheiros com a meta de aliar competitividade à tradição do clube em formar atletas. “A Kelsie é uma jogadora jovem com vontade de mostrar o valor que possui e entrar em um mercado profissional, pois sabe que possui excelente potencial”, afirma Negrão.
 
Acostumado a revelar jogadoras, o técnico recém-chegado ao Pinheiros espera que ele e o clube contribuam com a evolução de Payne. “Ela está perfeitamente alinhada com a filosofia do Pinheiros, na formação dos jovens esportistas. Ao mesmo tempo, creio que esteja preparada para ser uma grande surpresa e fazer a diferença já na próxima Superliga”, prevê Negrão, ganhador de mais de 30 títulos no vôlei feminino. 
 
Força e juventude - O Pinheiros ainda trouxe para a temporada 2018/19, a levantadora Lyara, da seleção brasileira Sub-23, que estava no São Caetano, mesmo time de origem da central Camila (Paracatú). Do Brasília, ex-equipe de Negrão, vieram a líbero Jú Perdigão e a central Aline. Também foram contratadas, a levantadora Fran, do Barueri, e a ponteira Clarisse, do Fluminense.
 
O clube renovou os contratos das jogadoras Mari, Roberta e Letícia, enquanto promove a transição das juvenis Pietra, Lorayne, Amanda e Lorena, que na última temporada puderam ter suas primeiras experiências na equipe adulta, gradativamente, conforme a filosofia do Pinheiros em formar atletas e maturá-los no tempo adequado para o alto rendimento.
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook