Goleiro que parou Messi é esperança para Olimpíadas

Gerónimo Rulli, jovem goleiro argentino de 23 anos / Foto: DivulgaçãoGerónimo Rulli, jovem goleiro argentino de 23 anos / Foto: Divulgação

Rio de Janeiro – Gerónimo Rulli, de 23 anos, provavelmente “seja o futuro goleiro da seleção [argentina] pelos próximos dez anos”. A afirmação, do técnico da Argentina, Gerardo Martino, está alinhada com a opinião pública do país, praticamente unânime a respeito da convocação do jogador para os Jogos Olímpicos.
 
Mesmo completando 24 anos em maio, o atleta deve entrar como um dos três maiores de 23 anos a que a seleção tem direito de convocar para as Olimpíadas do Rio. E os últimos fatos corroboram para a convocação de Gerónimo.
 
O goleiro argentino foi o principal responsável por garantir a vitória de seu clube, o Real Sociedade, contra o poderoso Barcelona, por 1 a 0. O defensor barrou defesas difíceis de Messi e Iniesta e impediu que o placar se modificasse durante o jogo. Agora, o Campeonato Espanhol chega à sua reta final com três candidatos ao título.
 
"Sou um amante dos esportes e disputar uma edição dos Jogos Olímpicos ou de uma Copa do Mundo é o máximo que um jogador de futebol pode aspirar. Deve ser incrível jogar, além do ambiente. Seria um sonho para mim estar presente e ganhar uma medalha", declarou Gerónimo.
 
O goleiro acredita que a Argentina carrega consigo o favoritismo, seja onde for, e espera continuar com uma sequência de boas performances.
 
“Há grandes jogadores que, mesmo abaixo dos 23 anos, já têm experiência no futebol. A Argentina sempre tem que ser favorita em qualquer competição. Não tenho dúvidas que no Rio será igual. Mas, para ir, tenho que fazer as coisas bem no meu clube. Espero poder continuar como nas últimas partidas para ser chamado", concluiu.
 
Veja Também: 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Curta - EA no Facebook