Categoria infantil conhece primeiras campeãs no Brasileiro

Títulos por equipe e individual geral foram definidos nesta quinta-feira (21) / Foto: Ricardo Bufolin/CBGTítulos por equipe e individual geral foram definidos nesta quinta-feira (21) / Foto: Ricardo Bufolin/CBG

Vitória - Os títulos por equipe e individual geral da categoria Infantil do Brasileiro de Ginástica Rítmica foram definidos nesta quinta-feira (21), no ginásio Paulo Pimenta, em Vitória (ES).
 
Por equipe, o Clube Agir (PR) ficou com a medalha de ouro, enquanto no individual nível 1, Viviane Oda Miranda, da Fundação de Apoio ao Esporte de Osasco (SP), foi a campeã, e no nível 2, Lavinya de Oliveira, do Clube Ítalo Brasileiro (ES), subiu ao lugar mais alto do pódio.
 
As apresentações de hoje começaram pela manhã com as jovens atletas e terminam com a categoria adulta nos aparelhos maças e fita. Às 21h30 será a premiação do individual geral da classe de elite.
 
Entre as pequenas, muitos talentos marcaram presença no ginásio. O Clube Agir somou o maior número de pontos na competição (120,700), e garantiu o título por equipe. "É muito importante estar no Brasileiro, é o maior do País, é o que dá ranking às meninas e conta com as melhores ginastas. Subir no ranking é muito importante nessa faixa etária que elas estão. Isso é uma base. São as meninas que irão seguir, e que futuramente estarão representando nosso País. É um título muito suado, todo mundo trabalha muito, a ginástica é um esporte muito complexo, que exige várias horas de treino e ser coroado com uma vitória é algo gratificante", declarou a técnica Márcia Naves.
 
Ela ressaltou o formato da competição. "A ginástica rítmica é um esporte muito bonito e essa divisão do campeonato em dois níveis proporciona a participação de mais crianças. O número de participantes aumentou muito e isso é fundamental para o esporte no País."
 
Viviane Oda Miranda, da Fundação de Apoio ao Esporte de Osasco (SP) conquistou o titulo do nível 1. Ela somou 44,800 em todos os aparelhos, sendo 10,700 na série de mãos livres, 10,550 no arco, 12,550 na bola e 11,000 nas maças. A segunda colocada foi Mariana Vitória Pinto, do Clube Agir (PR), com 43,150, e a terceira foi Gabriella Coradine Castilho, da ADR Unopar (PR), com 42,800.
 
Lavinya de Oliveira, de 12 anos, do Clube Ítalo Brasileiro (ES), foi a campeã no nível 2, com 41,000: 10,400 na série de mãos livres, 10,950 no arco, 11,350 na bola e 8,300 nas maças. A segunda colocação também foi do Italo Brasileiro, com Ana Beatriz Carneiro Passos (36,750), e a terceira com Nathalia Nogueira, da Associação de GR de Blumenau, com 36,500.
 
"Fiquei muito feliz pelo resultado, até porque nas maças eu não fui tão bem, mas na bola fui excelente. Fiquei em primeiro lugar em três aparelhos e só nas maças que fui segunda. Esse título é muito importante para mim. Ganhar um Brasileiro não é fácil", comentou a campeã do nível 2.
 
O Brasileiro de Ginástica Rítmica deste ano conta com a participação de 112 atletas: 47 na categoria adulta, 23 no Infantil 1 e 42 no Infantil 2. 
 
Link de resultados: http://bit.ly/2xiUt09
 
Programação
 
Quinta-feira (21)
17h30 às 21h30 - Competição Individual adulto (maças e fita)
21h30 - Premiação individual geral adulto/Premiação por equipe adulto
 
Sexta-feira (22)
10h30 às 12h - Competição individual infantil Nível 1 - finais
12h - Premiação por aparelho infantil Nível 1
12h30 às 15h30 - Competição individual infantil Nível 2 - finais
15h30 - Premiação por aparelho infantil Nível 2
16h às 18h30 - Competição individual adulto - finais 
18h30 - Premiação por aparelhos adulto
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook