Brasil fecha Mundial Age Group com um ouro e boas perspectivas

Primeiro lugar no Duplo Mini Trampolim de Lucas Tobias foi um grande resultado para a nova geração / Foto: DivulgaçãoPrimeiro lugar no Duplo Mini Trampolim de Lucas Tobias foi um grande resultado para a nova geração / Foto: Divulgação

Bulgária - O Brasil encerrou neste domingo (19) a disputa do Mundial de Ginástica de Trampolim Age Group, em Sófia, na Bulgária. O saldo foi mais que positivo com uma medalha de ouro no Duplo Mini Trampolim (17 a 21 anos) de Lucas Tobias. O resultado foi obtido na sexta-feira (17) quando o jovem atleta atingiu 70,900 pontos na final.
 
O Brasil contou com representantes em diferentes categorias na competição. No trampolim Age Group 2 (13 a 14 anos) estiveram Bianca de Souza Miranda, Pedro Henrique Felisbino e Rafael Éverton da Silva. No Age Group 3 (15 a 16 anos) Bárbara Bock Neiva Campos, João Francisco Dorim Fonseca, Luara Kathelin Reis Silva Resende, Pedro Afonso Felix de Moura, Roberta Daniela Borges e Rayan Victor de Castro Lima. O Age Group 4 (17 a 21 anos) teve Isadora Uhry, Lucas Junio Tobias e Maria Eduarda Silva Rodrigues.
 
Na competição de tumbling feminino Age Group 2 esteve Rodrigo Ribeiro Rezende, no Age Group 3, Said Rocha de Souza, no Age Group 4, Israel Guedes Silva Filho, no masculino Age Group 3, Anna Júlia Rocha de Almeida, no Age Group 4, Thaís Aparecida da Rocha Carneiro.
 
Pelo DMT Age Group 2 o País contou com Pedro Henrique Felisbino e Rafael Éverton da Silva, no Age Group 3, Bárbara Bock Neiva Campos, Gabriel Contra Gomes e Said Rocha de Souza, e no Age Group 4, Lucas Junio Tobias.
 
Hoje foram realizadas as últimas provas do campeonato. Nas classificatórias do trampolim individual feminino (17 a 21 anos), Maria Eduarda Rodrigues somou 89,630. Isadora Uhry fez 80,630 pontos. No trampolim individual masculino (17 a 21 anos), Lucas Tobias somou 91,040.
 
No Duplo Mini Trampolim masculino (13 a 14 anos), Pedro Felisbino fez 62,900 pontos e Rafael Silva 52,900. No trampolim sincronizado masculino (15 a 16 anos), Pedro Moura e João Fonseca obtiveram 18,000, e no sincronizado feminino (15 a 16 anos), Bianca Miranda e Roberta Borges somaram 36,300.
 
"Tivemos uma participação excelente. O resultado do Lucas Júnior no DMT foi muito bom para o trampolim brasileiro", avaliou Diego Satiro, coordenador de ginástica de trampolim da Confederação Brasileira de Ginástica (CBG).
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook