Cavaleiro olímpico Stephan Barcha vence GP World Cup

Stephan Barcha com Chevaux Unforgettable: campeão do GP World Cup / Foto: Luis RuasStephan Barcha com Chevaux Unforgettable: campeão do GP World Cup / Foto: Luis Ruas

Suécia - O Concurso de Salto Internacional - CSI-W de Curitiba teve o tradicional warm-up e duas provas válidas pela 2ª Etapa do Ranking Brasileiro Senior Top. O GP, a 1.50 metro, na segunda-feira, dia 30, também contou pontos pela Liga Sul-Americana na corrida por duas vagas na Final da Copa do Mundo 2019, em Gotemburgo na Suécia.
 
Somente o cavaleiro olímpico Stephan Barcha com Chevaux Unforgettable fechou as duas voltas, com armação do course-designer internacional Vailton Jaci Cordeiro, sem faltas nos obstáculos e apenas 2 pontos por excesso de tempo (1 em cada volta) cruzando a linha de chegada em 65s89 na 2ª volta.
 
Em 3º lugar chegou o campeão dos rankings brasileiros Senior Top e Indoor em 2017 Artemus de Almeida, montando Cassilero, conjunto vencedor da qualificativa do dia 28 de abril, quatro pontos na 1ª volta e pista limpa na 2ª, 55s06. O GP distribui R$ 80 mil em premiação.
 
O vencedor das duas provas da 1ª etapa, Luiz Felipe Pimenta Alves, se apresentou com VDL Valdez garantindo um 4º e um 7º lugar. Em breve, a Confederação Brasileira de Hipismo divulgará a contagem oficial do ranking Senior Top após 2 de 9 etapas. A 3ª Etapa do Ranking Brasileira Senior acontece durante o Concurso de Salto Nacional 47ª Copa São Paulo, na Sociedade Hípica Paulista, entre os dias 29 de maio e 3 de junho.
 
Copa Ouro em Curitiba - Fechando o 5º dia de Concurso de Salto Internacional e Nacional na Sociedade Hípica Paranaense, em Curitiba, foram duas as principais provas na terça-feira. No Clássico, 1.45 metro, foram 39 os conjuntos em pista e os melhores 25% - nesse caso 13 sem faltas - habilitaram-se para a 2ª e decisiva volta.
 
Sagrou-se campeã a jovem amazona Patsy Mourão Zurita, 20 anos, vice-campeã americana junior 2014 entre inúmeros outros títulos nas categorias de base, levou o veterano Premier Xindoctro Método, 17 anos, à vitória, com duplo zero em 49s72. Essa foi a segunda vitória em um GP/Clássico Nacional da amazona, a primeira aconteceu no Haras Albar, em junho de 2017.
 
O top de Minas Gerais Sergio Marins com SM Hex Lup Guabi foi vice, sem faltas, 50s11. Já a 3ª colocação ficou com o jovem talento Thales Gabriel de Lima Marino, que venceu seu primeiro Clássico em março 2018 no Torneio de Verão em Santo Amaro, apresentando Deauville, também com dois percursos sem faltas, em 52s08.
 
Mais cedo, na Copa Ouro, que contou com 85 conjuntos, 16 habilitaram-se ao desempate. O jovem talento Pedro Egoroff, 17, bicampeão do ranking brasileiro junior 2016/2017 e recém chegado de uma temporada nos EUA montando com Rodrigo Pessoa, garantiu a vitória montando Anton sem faltas em 38s94. A 2ª e 3ª colocação ficou com dois representantes de Minas Gerais Vitoria Rabello Nolli montando CHJR Quorum 3 K e Rodrigo Sarmento no dorso de Classic Girl GMS, ambos sem faltas, em 39s28 e 50s58.
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

Rio 2016

Hortência dá conselhos ao filho:  "Vila Olímpica é disneylândia sexual"

 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook