Jovem amazona bate tops do hipismo no GP/Clássico da Copa São Paulo

A campeã do GP / Clássico Victoria Medonça com Una Bella  / Foto: Luis RuasA campeã do GP / Clássico Victoria Medonça com Una Bella / Foto: Luis Ruas

São Paulo - Foram duas as principais disputas no Concurso de Salto Nacional 47ª Copa São Paulo, maior evento do primeiro semestre na Sociedade Hípica Paulista, nesse sábado, 2/6. No GP/Clássico, a 1.45 metro, principal disputa do dia, a jovem amazona do interior paulista Victoria Junqueira Ribeiro de Mendonça, 19, montando Una Bella B bateu campeões brasileiros e medalhistas pan-americanos conquistando topo do pódio.
 
Dos 40 conjuntos, 11 conjuntos habilitaram-se a um emocionante desempate levantando a torcida que compareceu em peso na Hípica Paulista. Victoria, campeã brasileira young riders 2017 (categoria de rendimento máximo para jovens de 16 a 21 anos), montando Una Bella foi a última em pista e com muita categoria cruzou a linha de chegada em 30s66. Em 2º lugar chegou o cearense radicado em São Paulo Ivo Roz Filho com Caliandra Jmen, pista limpa, 31s59 e o cavaleiro da casa Luis Antonio Piva Filho, 23, montando Happy Lady garantiu a 3ª colocação, sem faltas, 31s91.
 
"Eu tava bem esperançosa pois confio muito na minha égua. No início de maio fui ao desempate do GP Clássico em Santo Amaro e bati na trave, mas hoje senti que ia dar certo", comemorou Vítoria, que também bateu seu treinador Artemus de Almeida, campeão do ranking brasileiro senior top 2017, que coincidentemente venceu o GP/Clássico da Copa São Paulo 2017 também montando Una Bella 9.
 
Artemus montando Top Horse Casadora JMen foi 4º, sem faltas, 33s03. A amazona carioca e que monta na Hípica Paulista Joana Valente com Uruguay foi 5ª, pista limpa, 36s92. Destaque também para atuação do cavaleiro olímpico e medalhista pan-americano Vitor Teixeira, 61, que montando Hilde Império Egípcio foi 6º com o melhor tempo do desempate, 29s72, mas com uma falta.
 
A disputa também foi válida pela terceira de quatro Etapas do Circuito Hermès Young Talent - voltada a jovens talentos entre 16 e 25 anos - que premia o vencedor com uma clínica com o campeão olímpico brasileiro Rodrigo Pessoa no início de 2019 nos EUA. Victoria, 1ª, Luis Piva, 3º, e Marcelo Gozzi, 7º, foram os melhores da etapa.
 
Pela manhã rolou a sempre concorrida Copa Ouro, a 1.35 metro, em que 14 dos 57 conjuntos foram ao desempate. O mineiro radicado em São Paulo Lucio Osório com Ludam do Liberte foi vencedor, sem faltas, 36s28. Em 2º lugar chegou José Roberto Reynoso Fernandez Filho, que já garantiu três vitórias na Copa São Paulo 2018, montando Chactonus 2, pista limpa, 38s92.
 
GP Clássico - 1.45 metro
 
Campeã Victoria Junqueira Ribeiro de Mendonça / Una Bella 9 - FPH - 0/30s66
Vice Ivo Roza Filho / Caliandra Jmen - FPH - 0/31s59
3º Luis Antonio Piva Filho / Happy Lady - FPH - 0/31s91
4º Artemus de Almeida / Top Horse Casadora JMen - FPH - 0/33s03
5º Joana Valente / Uruguay AB - FPH - 0/36s92
6º Vitor Alves Teixeira / Hilde Império Egípcio - FPH - 4/29s72
 
Copa Ouro - 1.35 metro 
Campeão Lucio Osório / Ludam do Liberte - FPH - 0/36s28
Vice José Roberto Reynoso Fernandez Filho / Chactonus 2 - FPH - 0/38s92
3º Thiago Mattos / Amor do Santo Antonio - FEERJ - 0/39s14
4º Guilherme Dutra Foroni / Darzada RCLI - FPH - 0/43s69
5º Felipe di Biase Monteiro / Gazarinparflan VD Kleyenberg - FPH - 0/45s61
6º Renato Junqueira Arantes / Farah Império Egípico - FPH - 4/37s62
 
Veja Também: 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

Rio 2016

Hortência dá conselhos ao filho:  "Vila Olímpica é disneylândia sexual"

 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook