Já com recorde de medalhas, Brasil busca três ouros neste sábado

Neste sábado, em Wembley, Brasil tenta o ouro inédito contra o México no futebol / Foto: Humberto Deveza / EANeste sábado, em Wembley, Brasil tenta o ouro inédito contra o México no futebol / Foto: Humberto Deveza / EA

Londres - Com 12 medalhas já conquistadas e outras quatro já garantidas no vôlei masculino e feminino, no boxe e no futebol masculinos, o Brasil chega ao inédito número de 16 pódios. O maior número até então havia sido atingido nos Jogos de Pequim, em 2008, quando o País terminou sua participação com 15 medalhas, três delas de ouro.

Por enquanto, a 28ª posição não garante um bom resultado no quadro de medalhas. O Brasil possui apenas dois ouros, responsabiliadades da judoca Sarah Menezes e do ginasta Arthur Zanetti. Mas o país poderá ver sua história olímpica mudar neste final de semana. Em quatro finais, os atletas brasileiros poderão garantir também o maior número de medalhas de ouro em uma edição dos Jogos Olímpicos. 

Em Atenas, em 2004, o país conquistou cinco ouros. Agora em Londres, caso as equipes de vôlei, Esquiva Falcão e o grande elenco de Mano Menezes derrotem seus oponentes, o Brasil chegará a seis ouros e conseguirá provavelmente uma posição entre os 20 primeiros colocados do quadro de medalhas. Poderá também sonhar, inclusive, com um Top 15. Em Atenas, fomos 16º.

O fato é que neste sábado, com a final do boxe, do vôlei feminino e do futebol, a promessa é de que o dia seja o mais decisivo dos Jogos Olímpicos até aqui para o Brasil. 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook