Em Paris, Lais Nunes alcança melhor resultado da carreira em Mundiais

Top 10 / Foto: Divulgação/CBWTop 10 / Foto: Divulgação/CBW

França - O terceiro dia do Campeonato Mundial de Wrestling 2017 realizado em Paris, França, teve como destaque nacional a goiana Lais Nunes. A brasileira alcançou o décimo lugar na categoria até 63kg, melhor colocação pessoal da carreira. Aline Silva, outra representante brasileira enfrentou a estoniana Epp Mae e não avançou na categoria até 75kg (0 a 3).
 
Lais fez uma estreia segura contra a francesa Laetitia Blot. Mesmo com o apoio da torcida local para a adversária, Lais se impôs e passou às costas da rival repetidamente e venceu o confronto por superioridade técnica. No embate seguinte, Lais reencontrou sua algoz nos Jogos Rio 2016, a turca Hafize Sahin, vinda de uma batalha na luta de estreia contra a canadense Braxton Stone-Papadopoulos. A turca abriu vantagem em contra-ataque 4 a 0, Lais não se entregou e a luta seguiu em uma sequência de pontos. No fim, Sahin aproveitou-se da vantagem inicial e fechou o combate em 9 a 6.
 
Sahin não avançou até a final e impediu Lais de retornar para repescagem. No entanto, a brasileira atingiu o 10º lugar, sua melhor participação em mundiais e duas posições acima dos Jogos Olímpicos, quando terminou em 12º. Já Aline Silva viveu a expectativa de regressar para repescagem, mas Epp Mae perdeu a semifinal, no último ataque da turca Yasemin Adar, que acabaria com a medalha de ouro. 
 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Curta - EA no Facebook