Brasil garante vaga em mais quatro finais do atletismo

Mahau Suguimati vai representar o Brasil na final dos 400m com barreiras / Foto: APMahau Suguimati vai representar o Brasil na final dos 400m com barreiras / Foto: AP

Toronto - O sol forte que durante toda a manhã desta quarta-feira, dia 22, castigou quem estava presente no CIBC Athletics Stadium, não foi capaz de frear o bom desempenho dos atletas do Time Brasil, que seguem firme na briga por mais medalhas para a delegação nacional. Os principais destaques da sessão diurna de hoje ficaram para os quatro atletas brasileiros que garantiram vaga nas respectivas finais de suas modalidades.

Nos 400m rasos feminino, Geisa Coutinho foi a 2ª colocada em sua bateria e classificou-se para a final com o 4º melhor tempo no geral, com a marca de 52.46s. “Minha prova foi muito boa hoje. Quero agradecer a cada brasileiro que está torcendo por mim. Amanhã vou para a final com o objetivo de subir no pódio, independentemente da posição. Quero garantir mais uma medalha para o meu país”, disse Geisa. A outra brasileira na prova, Joelma Sousa, sentiu a virilha esquerda logo após a largada, e será examinada pelo departamento médico do Time Brasil, que dirá se ela tem condições de disputar a prova do revezamento. Único brasileiro inscrito nos 400m rasos masculino, Hugo de Sousa foi o 4º colocado na sua forte bateria e, com o tempo de 46.26s, confirmou sua vaga na final com a 7ª melhor marca das eliminatórias.
 
Nos 800m rasos masculino, Cleiton Abrão foi o 3º colocado em sua bateria, e com o tempo de 1:49.32s garantiu a 7ª melhor marca das eliminatórias, e também está classificado para a final, que será disputada amanhã. “A semifinal de hoje foi de muita estratégia. Como corri a segunda bateria, já sabia o tempo que precisava para me classificar para a final, então pude me guardar para amanhã. Estou firme na briga por uma medalha”, disse Cleiton. Lutimar Paes, o outro brasileiro inscrito na prova, foi eliminado com o tempo de 1:49.76s.
 
Já nos 400m com barreiras masculino, o brasileiro Mahau Suguimati fez uma prova perfeita, mantendo bom ritmo após realizar uma boa largada, e atacando seus adversários no momento certo. Ele classificou-se para a final com o tempo de 50.29s, a 4ª melhor marca das eliminatórias. “Hoje o vento me atrapalhou um pouco, mas ainda assim corri muito bem e consegui ir para a final. Meu primeiro objetivo foi alcançado, agora é descansar bastante e ter uma boa noite de sono, pois quero sair daqui com uma medalha no peito”, revelou Suguimati. O outro brasileiro na prova foi Hederson Stefani, que apesar de ter chegado na 3ª colocação em sua bateria, acabou eliminado com o tempo de 51.06s. Apenas os dois primeiros colocados de cada bateria, além dos dois melhores tempos por índice técnico, garantiram vaga na final da prova.
 
O decatlhon masculino realizou suas três primeiras provas, e os dois brasileiros vão indo muito bem na competição. Após finalizadas as disputas dos 100m rasos, salto em distância e arremesso de peso, Felipe dos Santos é o 2º colocado, com 2688 pontos. Luiz Alberto de Araújo vem logo atrás, com 2645 pontos. O líder até o momento é o canadense Damian Warner, que tem 2758 pontos somados. Ainda hoje, na sessão noturna, teremos a disputa de mais duas provas: o salto em altura e os 400m rasos.
 
Na última prova dessa manhã, o salto em altura feminino, as brasileiras não foram muito bem. Em competição que sagrou Levern Spencer, atleta de Santa Lucia, campeã, com a boa marca de 1.94m, Ana Paula de Oliveira terminou na 11ª colocação (1,80m), e Mônica de Freitas foi apenas a 14ª colocada (1,75m).

Veja Também: 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook