Brasil tem 100% de aproveitamento no tênis de mesa individual

Lin Gui está com a vaga encaminhada / Foto: DivulgaçãoLin Gui está com a vaga encaminhada / Foto: Divulgação

Toronto - Um dia depois de conquistar a inédita prata por equipes nos Jogos Pan-Americanos Toronto 2015, no Canadá, a seleção brasileira feminina de tênis de mesa teve de superar o cansaço e a euforia provocados pela medalha para o início das disputas individuais. O saldo foi positivo nesta quarta-feira, dia 22 de julho: com 100% de aproveitamento, Caroline Kumahra e Ligia Silva já garantiram a classificação para a fase eliminatória, enquanto Lin Gui deixou sua vaga encaminhada.

Na primeira fase individual, os 40 atletas de cada naipe são divididos em dez grupos de quatro. Os dois primeiros em cada chave avançam às etapas eliminatórias, que irão até domingo (25). Os campeões garantem vaga nos Jogos Olímpicos Rio 2016.
 
No grupo E, Carol (154ª colocada do ranking mundial) estreou vencendo a venezuelana Roxy González (416ª) por 4 sets a 0 (11/6, 11/2, 11/5 e 11/3). À noite, derrotou a porto-riquenha Carelyn Cordero (327ª) por 4 a 1, parciais de 11/3, 9/11, 11/6, 11/4 e 11/5.
 
As vitórias asseguraram à brasileira uma das duas vagas da chave na próxima fase. Carol disputará a liderança nesta quinta (23), às 20h (de Brasília), contra a norte-americana Zheng Jiaqi, que também está invicta.
 
"Ontem, a programação acabou tarde, dificultou a acalmarmos os ânimos e botarmos a cabeça no lugar. Mas já sabíamos que, independentemente do resultado, teríamos de voltar logo a cabeça para o individual depois do torneio de equipes. Uma nova batalha começou hoje. Acho que fui bem, estava mais solta do que o esperado", avaliou Carol.
 
Ligia também já está garantida na próxima fase. Na primeira rodada do grupo F, a amazonense radicada em Santos (SP) derrotou a cubana Idalys Lovet (452ª), de virada, por 4 sets a 1 (3/11, 14/12, 13/11, 11/6 e 11/9). À noite, bateu a chilena Paulina Vega (263ª) pelo mesmo placar, com parciais de 12/10, 11/5, 11/5, 5/11 e 11/8.
 
Na última rodada, Ligia enfrentará a mexicana Mercedes Madrid (561ª). A partida será disputada também às 20h.
 
"Hoje foi outro dia. O importante era virar a chave. Estou muito focada no individual, o nível está muito alto. Não podemos bobear em nenhum jogo, principalmente na fase de grupos", disse.
 
Lin Gui também passou invicta pelo primeiro dia de disputas individuais, mas ainda não tem a classificação matematicamente garantida. Pelo grupo C, a brasileira bateu Angela Mori (396ª), do Peru, por 4 a 0 (11/5, 11/5, 11/5 e 11/9), e Camila Arguelles (350ª), da Argentina, por 4 a 1 (12/10, 15/13, 11/7, 5/11 e 11/6).
 
Nesta quinta, às 19h15, a brasileira terá pela frente a canadense Alicia Cote (582ª). De acordo com a combinação de resultados, ela poderá avançar até mesmo com uma derrota na última rodada.
 
"O primeiro jogo foi um pouco mais difícil. Não tecnicamente, mas para retomar a concentração. Ontem foi um dia marcante na minha carreira. Hoje, todas acordaram cansadas. O importante era vencer. Sabemos que, passando o primeiro dia, o corpo e o psicológico voltam ao normal", afirmou Lin Gui.
 
Brasileiros também invictos
 
No masculino, os medalhistas de ouro por equipes Gustavo Tsuboi, Hugo Calderano e Thiago Monteiro venceram pela rodada de abertura e deram o primeiro passo rumo à classificação. Cabeça de chave número um da competição, Tsuboi (55º) estreou no grupo A com vitória sobre o equatoriano Gevanny Coello (454º) por 4 sets a 1, parciais de 11/4, 11/8, 11/4, 9/11 e 11/6.
 
No C, Calderano (76º) sequer precisou ir à mesa: o norte-americano Jimmy Butler (407º) se retirou da competição, dando ao brasileiro o triunfo por W.O. Já Thiago (141º) derrotou com tranquilidade o chileno Manuel Moya (440º) por 4 a 0 (11/7, 11/6, 11/4 e 11/5).
 
Os brasileiros voltarão à mesa somente nesta quinta (23). Tsuboi será o único a já encerrar sua participação na primeira fase: enfrentará o norte-americano Kanak Jha (399º), às 12h30, e o canadense Marko Medjugorac, às 22h15.
 
Calderano e Thiago terão apenas um jogo cada. Eles jogarão contra, respectivamente, o chileno Felipe Olivares (311º) e o argentino Rodrigo Gilabert (324º). Ambas as partidas estão marcadas para as 13h15.

Veja Também: 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook