IAAF defende "Célio de Barros" em carta ao Governo do Rio

E-mail Imprimir

Vicente Lenilson, André Domingos, Rafael de Oliveira e Cláudio Roberto em competição no Estádio Célio de Barros / Foto: Arquivo/CBAtVicente Lenilson, André Domingos, Rafael de Oliveira e Cláudio Roberto em competição no Estádio Célio de Barros / Foto: Arquivo/CBAt

Rio de Janeiro - O presidente da Associação Internacional das Federações de Atletismo (IAAF), Lamine Diack, enviou carta ao governador do Estado do Rio de Janeiro, Sergio Cabral, protestando contra a demolição do Estádio de Atletismo Célio de Barros, que daria lugar a um estacionamento nas obras do Estádio de futebol do Maracanã.
 
Diack se lembra da importância histórica do "Célio de Barros", além dos prejuízos que atletas do Brasil e da América do Sul terão com a sua demolição, na preparação dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro em 2016. "Esta notícia - prossegue o dirigente senegalês - provocou uma grande decepção em todos nós". O presidente da IAAF ainda expõe ao governador do Estado do Rio "as consequências muito negativas que a destruição do Estádio Célio de Barros teria sobre a imagem de sua cidade aos olhos da comunidade do atletismo mundial". 
 
No mesmo sentido, enviaram carta ao governador do Estado do Rio de Janeiro os representantes das associações continentais de atletismo: Europa, África, Ásia, Oceania, América do Sul, América do Norte/Central/Caribe.
 
Nesta quinta-feira 7, o governador Sergio Cabral respondeu ao presidente da IAAF e das Associações Continentais, em e-mail assinado por seu chefe de gabinete, Regis Fichtner. Em sua resposta, o governador afirma que "há muito mal entendido a respeito do Estádio Célio de Barros".
 
E prossegue: "Um novo Estádio Célio de Barros será construído em uma nova área que pertence ao Estado do Rio, em uma distância de cerca de 500 metros do local atual do Célio de Barros."
 
O presidente da CBAt, que está na Europa em reuniões do Conselho da IAAF, explica que esteve com o presidente da IAAF, Lamine Diack, e com os presidentes das Associações Continentais. "Todos manifestaram preocupações com a informação de que o Estádio de Atletismo Célio de Barros será demolido, e enviaram cartas ao governador do Rio, que prontamente respondeu", explica Gesta.
 
Em sua resposta, o governador se compromete junto às entidades internacionais a construir um estádio de atletismo "em uma nova área que pertence ao Estado do Rio, em uma distância de cerca de 500 metros do local atual do Célio de Barros". Gesta afirma que a carta mostra que o governador está empenhado em resolver a situação.
 
"Estou combinando com o secretário-geral da IAAF, Essar Gabriel, para ir ao Brasil em março próximo, para em reunião com as autoridades do Governo do Rio, conhecer os planos para novo estádio, assim como os prazos para que as instalações estejam à disposição de atletas e treinadores", afirma Gesta.
 
O presidente da CBAt também promoverá um encontro de Essar Gabriel com lideranças do atletismo do Rio, como os ex-atletas Nelsinho Rocha dos Santos, Robson Caetano e Arnaldo de Oliveira o major Rebelo, treinadores representativos, e formadores de atletas, como Paulo Servo Costa e Ormandino Barcelos.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Olimpíadas

Carlos Nuzman 

São Paulo - Presidente do COB fala sobre o ano de 2013 e os Jogos Olímpicos de 2016

Atletismo

Mauro Vinícius - Duda 

São Paulo - Campeão Mundial fala sobre 2013 e sobre as chances em 2016

 
Curta - EA no Facebook