São Silvestre reúne 25 mil corredores amanhã em São Paulo

E-mail Imprimir

A prova desta segunda-feira, que terá cerca de 25 mil corredores, também volta a ter sua largada e chegada na Avenida Paulista / Foto: Marcio Kato /MBraga ComunicaçãoA prova desta segunda-feira, que terá cerca de 25 mil corredores, também volta a ter sua largada e chegada na Avenida Paulista / Foto: Marcio Kato /MBraga Comunicação

São Paulo - Uma octogenária com espírito sempre jovem. Assim é a Corrida Internacional de São Silvestre, prova pedestre que fecha o ano esportivo nacional no dia 31 de dezembro. Em sua 88ª edição, a principal prova de rua da América Latina inova com a largada no período da manhã, a partir das 6h50, como as principais competições do calendário internacional.
 
A prova desta segunda-feira, que terá cerca de 25 mil corredores, também volta a ter sua largada e chegada na Avenida Paulista - em frente ao prédio da Fundação Cásper Libero - , atendendo ao pedido dos corredores.
 
A ordem completa de largadas é a seguinte: Cadeirantes, às 6h50; Atletas com Deficiências, às 6h55; Elite A/B Feminina, às 8h40; e demais categorias, às 9h. A Rede Globo e a TV Gazeta transmitirão a prova ao vivo. Mais informações sobre a prova e os serviços aos participantes, como localização dos ônibus guarda-volumes, que ficarão no Viaduto Bernardino Tranchesi, atrás do MASP, podem ser obtidos no site oficial, www.saosilvestre.com.br. 
 
Mais do que um competição de alto nível, capaz de atrair estrelas de vários países, a Corrida de São Silvestre é uma festa do esporte e um evento de todos. Por isso, além de contar com feras nacionais e internacionais, especialmente de países africanos como Quênia, Tanzânia, Etiópia e Marrocos, ainda terá atletas de todos os estados e países no Continente, que querem terminar o ano de forma saudável e divertida pela ruas paulistanas.
 
Ao longo de sua história, a Corrida Internacional de São Silvestre teve de encarar algumas mudanças, sendo 12 de percurso e 18 de distância, em razão do próprio crescimento. A primeira delas aconteceu em 1989, quando passou a ser realizada de tarde, possibilitando maior segurança para os atletas e público. Agora em 2012, o evento acontecerá pela manhã, como as grandes provas no mundo
 
O Brasil vai em busca da recuperação do topo do pódio. No masculino estão confirmadas feras como Giovani dos Santos, que este ano venceu a Volta Internacional da Pampulha e foi e 14º no Mundial de Meia Maratona, sendo o melhor não africano do evento; Damião Ancelmo melhor brasileiro na São Silvestre 2011, com o sétimo lugar; Paulo Roberto de Almeida Paula, oitavo colocado na Maratona dos Jogos Olímpicos de Londres 2012; Giomar Pereira da Silva, José Marcio Leão da Silva, Gilmar Lopes, entre outros. 
 
A relação de brasileiras para brigar pelo primeiro lugar também é forte. Os destaques são Sueli Pereira da Silva, terceira melhor brasileira na São Silvestre no ano passado, com o nono lugar, além de quarta colocada na Maratona de São Paulo e vice-campeã da Volta da Pampulha, ambas em 2011; Marily dos Santos, primeira colocada no ranking da CBAt, quinta na Pampulha em 2011 e campeã da Maratona de Pádova nesta temporada; Maria Zeferina Baldaia, campeã de 2001; Lucélia Peres, campeã de 2006. 
 
Estrangeiros - As atrações são os quenianos Mark Korir, vice na Volta da Pampulha e na São Silvestre em 2011; Joseph Aperumoi, campeão da Maratona Pró Rio Adidas 2012, e da Meia de São Paulo; Edwin Kipsang Rotich, campeão da Corrida Eu Atleta 10k Rio, da etapa de Curitiba do Circuito Caixa e segundo na Meia Maratona do Paraguai. Pela Tanzânia os destaques são Alphonse Simbu, vencedor da Meia da Tanzânia; e Abubaka Hussen; enquanto a Etiópia terá Belete Terefe, vencedor da 15k Sargento Gonzaguinha em 2012. Completam a relação os marroquinos Ahimed Baday, vencedor dos 10k de Taroudant; Hafid Chani, primeiro colocado nos 10 km de Marraquesh e Safi; e Najin El Gady, 
 
A relação no feminino também tem nomes de respeito no circuito internacional e bastante conhecidos do público brasileiro. São elas as quenianas Rumokol Chepkanan, campeã da Maratona de São Paulo em 2012, vice da Meia de São Paulo e 5ª colocada na São Silvestre em 2011; Nancy Kipron, campeã da Volta da Pampulha em 2007/2008/2011; Dorcas Talam, campeã da Meia Maratona de Foz do Iguaçu, e da Meia do Paraguai, todas em 2011; e Maurine Kipchumba, campeã da Volta da Pampulha em 2012, do Circuito Caixa etapa Goiânia. Destaque também para as tanzanianas Jackline Sakilu, 15k de Barueri em 2011; e Anastazia Ghamaa, campeã tanzaniana de 5k, da Meia Maratona das Nações; e a etíope Fekede Almaz Negede.
 
Percurso
 
O trajeto da São Silvestre 2012:
 
Largada: Av. Paulista - próximo à rua Ministro Rocha Azevedo (sentido Consolação)
- Av. Paulista até Rua Haddock Lobo;
- Túnel José Roberto Fanganiello Melhem;
- Av. Dr. Arnaldo até Rua Major Natanael;
- Rua Major Natanael;
- Rua Desembargador Paulo Passalaqua;
- Av. Pacaembu, sentido Estádio (Contra-fluxo);
- Baixos do Viaduto da Av. Gal. Olímpio da Silveira;
- Av. Pacaembu, ambos os sentidos até Rua Margarida;
- Rua Margarida;
- Al. Olga;
- Rua Tagipuru;
- Rua Fuad Naufel;
- Av. Auro Soares de Moura Andrade, sent. Bairro/Centro;
- Rua Mario de Andrade
- Av. Pacaembu, sentido Marginal Tietê;
- Viaduto Pacaembu, sentido Marginal Tietê;
- Av. Dr. Abraão Ribeiro
- Av. Marquês de São Vicente;
- Rua Norma Pieruccini Giannotti;
- Av. Rudge;
- Viaduto Eng. Orlando Murgel;
- Av. Rio Branco;
- Av. Duque de Caxias, pista da direita (Contra-fluxo);
- Av. São João;
- Largo do Arouche;
- Av. Vieira de Carvalho, sent. Bairro / Centro;
- Praça da Republica;
- Av. Ipiranga (Contra-Fluxo);
- Av. São João (Contra-Fluxo);
- Largo do Arouche
- Rua Conselheiro Crispiniano;
- Praça Ramos de Azevedo;
- Viaduto do Chá;
- Rua Líbero Badaró;
- Largo São Francisco;
- Av. Brig. Luís Antônio;
- Vd. Brig. Luiz Antônio;
- Av. Brig. Luis Antônio;
- Av. Paulista;
- Chegada: Av. Paulista, sentido Consolação em frente à GAZETA
 
Localização dos postos:
 
Km, 4,3 - Rua Margariax Rua Marta - água/médico/banheiros
Km 7,3 - Rua Norma Giandotti x Praça Padre Luiz - água/médico/banheiros
Km 10 - Largo do Arouche - água/médico/banheiros
Km 12,3 - Largo São Francisco - água/médico/banheiros
Km 14,5 - Av. Brig. Luis Antônio x Rua São Carlos do Pinhal - água/médico/banheiros
 
Campeões, tempos e distâncias
 
Masculino
 
Ano Atleta País Tempo Distância
 
Fase Nacional
 
1925 Alfredo Gomes Brasil 33min21s 8,8 Km
1926 Jorge Mancebo Brasil 22m35s3 6,2 km
1927 Heitor Blasi Itália 23min 6,2 km
1928 Salim Maluf Brasil 29m11s2 6,2 km
1929 Heitor Blasi Itália 28min39s2 8,8 km
1930 Murilo de Araújo Brasil 25min35s2 8,8 km
1931 José Agnello Brasil 26min05s3 8,8 km
1932 Nestor Gomes Brasil 25min23s02 8,8 km
1933 Nestor Gomes Brasil 23min50s06 8,8 km
1934 Alfredo Carletti Brasil 24min10s2 7,6 km
1935 Nestor Gomes Brasil 23min51s 7,6 km
1936 Mario de Oliveira Brasil 23min26s04 7,6 km
1937 Mario de Oliveira Brasil 23min50s 7,6 km
1938 Lucas Henrique Brasil 23m38s4 7,6 km
1939 Luiz Del Greco Brasil 24m50s4 7,5 km
1940 Antônio Alves Brasil 22m14s 7 km
1941 José T. dos Santos Brasil 22min12s 7 km
1942 Joaquim G. da Silva Brasil 17min02s06 5,5 km
1943 Joaquim G. da Silva Brasil 17min31s 5,5 km
1944 Joaquim G. da Silva Brasil 17min40s02 5,5 km
 
Fase Internacional
 
1945 Sebastião A. Monteiro Brasil 21min54s 7 Km
1946 Sebastião A. Monteiro Brasil 21min57s 7 km
1947 Oscar Moreira Uruguai 21min45s 7 km
1948 Raul Inostroza Chile 22min18s2 7 km
1949 Viljo Heino Finlândia 22min45s 7,3 km
1950 Lucien Theys Bélgica 22min37s8 7,3 km
1951 Erich Kruzicky Alemanha 22min26s5 7,3 km
1952 Franjo Mihalic Iugoslávia 21min38s 7,3 km
1953 Emil Zatopek Rep. Checa 20min30s 7,3 km
1954 Franjo Mihalic Iugoslávia 23min 7,3 km
1955 Kenneth Norris Reino Unido 22min18s 7,4 km
1956 Manuel Faria Portugal 21min58s9 7,4 km
1957 Manuel Faria Portugal 21min37s4 7,4 km
1958 Osvaldo Suarez Argentina 21min40s3 7,4 km
1959 Osvaldo Suarez Argentina 21min55s8 7,4 km
1960 Osvaldo Suarez Argentina 22min2s1 7,4 km
1961 Martin Hyman Reino Unido 21min24s7 7,4 km
1962 Hamoud Ameur França 22min08s5 7,4 km
1963 Henry Clerckx Bélgica 21min55s 7,4 km
1964 Gaston Roelants Bélgica 21min37s7 7,4 km
1965 Gaston Roelants Bélgica 21min20s1 7,4 km
1966 Álvaro Mejia Flores Colômbia 29min57s7 9,2 km
1967 Gaston Roelants Bélgica 24min55s 8,7 km
1968 Gaston Roelants Bélgica 24min32s 8,7 km
1969 Juan Martinez México 24min02s3 8,7 km
1970 Frank Shorter EUA 24min27s4 8,9 km
1971 Rafael Palomares México 23min47s8 8,7 km
1972 Victor Mora Colômbia 23min24s2 8,7 km
1973 Victor Mora Colômbia 23min25s 8,7 km
1974 Rafael Angel Perez Costa Rica 23min58s 8,9 km
1975 Victor Mora Colômbia 23min13s 8,9 km
1976 Edmundo Warnke Chile 23min50s8 8,9 km
1977 Domingo Tibaduiza Colômbia 23min55s 8,9 km
1978 Radhouane Bouster França 23min51s6 8,9 km
1979 Herb Lindsay EUA 23min26s5 8,9 km
1980 José João da Silva Brasil 23min40s30 8,9 km
1981 Victor Mora Colômbia 23min30s2 8,9 km
1982 Carlos Lopes Portugal 39min41s05 13,548 km
1983 João da Mata Brasil 37min39s19 12,6 km
1984 Carlos Lopes Portugal 36min43s79 12,6 km
1985 José João da Silva Brasil 36min48s96 12,6 km
1986 Rolando Vera Equador 36min45s 12,640 km
1987 Rolando Vera Equador 39min02s56 13,040 km
1988 Rolando Vera Equador 36min23s 12,630 km
1989 Rolando Vera Equador 36min45s 12,630 km
1990 Arturo Barrios México 35min57s 12,640 km
1991 Arturo Barrios México 44min47s 15 km
1992 Simon Chemwoyo Quênia 44min08s 15 km
1993 Simon Chemwoyo Quênia 43min20s 15 km
1994 Ronaldo da Costa Brasil 44min11s 15 km
1995 Paul Tergat Quênia 43min12s* 15 km
1996 Paul Tergat Quênia 43min50s 15 km
1997 Émerson Iser Bem Brasil 44min40s 15 km
1998 Paul Tergat Quênia 44min47s 15 km
1999 Paul Tergat Quênia 44min35s 15 km
2000 Paul Tergat Quênia 43min57s 15 km
2001 Tesfaye Jifar Etiópia 44min15s 15 km
2002 Robert Cheruiyot Quênia 44min59s 15 km
2003 Marílson G. dos Santos Brasil 43min50s 15 km
2004 Robert Cheruiyot Quênia 44min43s 15 km
2005 Marílson G. dos Santos Brasil 44min22s 15 km
2006 Franck Caldeira Brasil 44min06s 15 km
2007 Robert Cheruiyot Quênia 44min43s 15 km
2008 James Kipsang Quênia 44min43s 15 km
2009 James Kipsang Quênia 44min40s 15 km
2010 Marílson G. dos Santos Brasil 44min03s 15 km
2011 Tariku Bekele Etiópia 43min35s 15 km
 
Feminino
 
1975 Christa Valensieck Alemanha 28min39s 8,9 km
1976 Christa Valensieck Alemanha 28min36s02 8,9 km
1977 Loa Olafsson Dinamarca 27min15s 8,9 km
1978 Dana Slater EUA N/A 8,9 km
1979 Dana Slater EUA 29min07s5 8,9 km
1980 Heide Hutterer Alemanha 27min48s4 8,9 km
1981 Rosa Mota Portugal 26min45s8 8,9 km
1982 Rosa Mota Portugal 47min21s 13 km
1983 Rosa Mota Portugal 43min41s59 12 km
1984 Rosa Mota Portugal 43min35s57 12 km
1985 Rosa Mota Portugal 43min00s85 12 km
1986 Rosa Mota Portugal 43min25s 12 km
1987 Martha Thenório Equador 46min27s 13 km
1988 Aurora Cunha Portugal 42min12s7 12,640 km
1989 Maria Del Carmen Diaz México 43min52s 12,640 km
1990 Maria Del Carmen Diaz México 43min16s 12,640 km
1991 Maria Luisa Servin México 54min02s 15 km
1992 Maria Del Carmen Diaz México 53min52s 12,640 km
1993 Hellen Kimayio Quênia 50min26s 15 km
1994 Derartu Tulu Etiópia 51min17s 15 km
1995 Carmem Oliveira Brasil 50min53s 15 km
1996 Roseli Machado Brasil 52min32s 15 km
1997 Martha Thenório Equador 52min04s 15 km
1998 Olivera Jevtic Iugoslávia 51min35s 15 km
1999 Lydia Cheromei Quênia 51min29s 15 km
2000 Lydia Cheromei Quênia 50min33s 15 km
2001 Maria Zeferina Baldaia Brasil 52min12s 15 km
2002 Marizete de P. Rezende Brasil 54min02s 15 km
2003 Margaret Okayo Quênia 51min24s 15 km
2004 Lydia Cheromei Quênia 53min01s 15 km
2005 Olivera Jevtic Sérvia/Montenegro 51min38s 15 km
2006 Lucélia Peres Brasil 51min24s 15 km
2007 Alice Timbilili Quênia 51min24s 15 km
2008 Yimer Wude Ayalew Etiópia 51min37s 15 km
2009 Pasalia Chepkorir Quênia 52min30s 15 km
2010 Alice Timbilili Quênia 50min19s 15 km
2011 Priscah Jeptoo Quênia 48min48s* 15 km

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Olimpíadas

Carlos Nuzman 

São Paulo - Presidente do COB fala sobre o ano de 2013 e os Jogos Olímpicos de 2016

Atletismo

Mauro Vinícius - Duda 

São Paulo - Campeão Mundial fala sobre 2013 e sobre as chances em 2016

 

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook