Corredores mostram força do Brasil em 2012

E-mail Imprimir

Paulo Roberto vence etapa de São Paulo do Circuito CAIXA / Foto: Luiz Doro/adorofotosPaulo Roberto vence etapa de São Paulo do Circuito CAIXA / Foto: Luiz Doro/adorofotos

São Paulo - Ao lado do brasiliense Marilson Gomes dos Santos, eleito o destaque do Atletismo brasileiro pelo COB em 2012, outros fundistas mostraram a força do País nas corridas de rua.
 
Um deles foi o paulista Paulo Roberto de Almeida Paula, oitavo colocado na maratona da Olimpíada de Londres, em agosto, com o tempo de 2:12:17. O atleta, nascido no dia 8 de julho de 1979, na cidade de Pacaembu, fez três vezes o índice olímpico - o melhor deles de 2:10:23, obtido com o terceiro lugar na Maratona de Pádova, na Itália.
 
"Este foi um ano muito especial, principalmente por participar pela primeira vez de uma Olimpíada", comenta o atleta do Cruzeiro/Caixa, treinado por Marco Antônio Oliveira. "O objetivo
para 2013 é disputar o Mundial da Rússia. Vou tentar a vaga nas Maratonas de Tóquio, em março, e de Pádova, em abril", confirma.
 
O mineiro Franck Caldeira também conseguiu um bom resultado na Olimpíada de Londres. Ele terminou em 13º lugar, com 2:13:35, completando a histórica participação brasileira, que teve ainda Marilson em quinto lugar.
 
O corredor nascido em Sete Lagoas no dia 8 de fevereiro de 1983 garantiu a participação em sua segunda Olimpíada ao terminar em sexto lugar na Maratona de Milão, na Itália, com 2:12:03, em abril deste ano.
 
Medalha de ouro na maratona do PAN-2007, no Rio de Janeiro, ele não esconde a sua alegria. "Não consegui completar o percurso nos Jogos de Pequim, em 2008, o que foi uma frustração muito grande. Fiquei feliz em Londres e o sonho é sempre correr mais forte", revela o mineiro, que defende a Orcampi/Pão de Açúcar e é treinado por Ricardo D'Angelo.
 
O também mineiro Giovani dos Santos deixou seu nome gravado em corridas do Brasil e do Exterior. Nascido na cidade de Natércia, no dia 29 de agosto de 1981, ele foi o 14º colocado no Campeonato Mundial de Meia Maratona, disputado em Kavarna, na Bulgária, sendo o primeiro não-africano da prova.
 
Medalha de ouro nos 10.000 m do Sul-Americano de Buenos Aires e de bronze no PAN de Guadalajara, ambas em 2011, o fundista da equipe Pé de Vento, orientado pelo técnico Henrique Viana, quer evoluir ainda mais em 2013. "Meu próximo objetivo é a São Silvestre. Vou fazer uma preparação na altitude de Campos do Jordão", diz o atleta que venceu este mês a Volta da Pampulha, em Belo Horizonte.
 
Já o baiano Giomar Pereira da Silva conquistou por antecipação o pentacampeonato do Ranking CAIXA/CBAt de Corredores de Rua-2012. Aos 40 anos, o atleta do Cruzeiro/Caixa, orientado por Alexandre Minardi, ainda esbanja energia, justificando o apelido de "Gladiador". Ele participou de 19 das 28 etapas disputadas até agora e mostra-se feliz. "O título do Ranking era meu objetivo e consegui alcançá-lo com muito esforço", comenta o atleta, campeão do evento também em 2006, 2008, 2009 e 2011.

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Olimpíadas

Carlos Nuzman 

São Paulo - Presidente do COB fala sobre o ano de 2013 e os Jogos Olímpicos de 2016

Atletismo

Mauro Vinícius - Duda 

São Paulo - Campeão Mundial fala sobre 2013 e sobre as chances em 2016

Curta - EA no Facebook