Bandeirantina participa de nova fase da gestão do Rugby feminino

Camila Lacerda em etapa do Super Sevens / Foto: DivulgaçãoCamila Lacerda em etapa do Super Sevens / Foto: Divulgação

São Paulo - Entre partidas jogadas, torneios organizados e equipes em treinamento, a Bandeirantina Camila Lacerda foi responsável pela gestão do rugby feminino paulista até 2017 e agora segue como diretora esportiva.
 
Ganha a companhia de Marjorie "Yu", ex-manager da seleção brasileira feminina e gerente de serviços na Rio 2016 para o Rugby, futebol olímpico e paralímpico e pentatlo moderno. Natasha Olsen, uma das jogadoras mais experientes do Rugby brasileiro, presente no primeiro mundial de Sevens; e Geórgia Porto, uma das pioneiras do Rugby feminino no interior paulista, juntas, dão início ao comitê feminino.
 
"Estou à frente do Rugby feminino paulista há 4 anos onde o Seven-a-side tem sido a prioridade, seguindo a mesma estratégia da CBRu, até por conta da modalidade constar no programa olímpico. No entanto, o momento mudou e fomentar o XV tem tudo para ser um marco no desenvolvimento do esporte no país e poder fazer parte dessa iniciativa é uma realização pessoal e profissional para mim", disse Camila.
 
Camila também tem bagagem em treinamentos para equipes de desenvolvimento na academia da CBRu na cidade de São Paulo. Paciente com as equipes, a Bandeirantina se tornou uma figura conhecida no Rugby feminino operacional e em como os times passaram a se organizar. A atleta também faz parte, anualmente, das treinadoras das seleções paulistas juvenis para o torneio nacional, mostrando seu conhecimento em vários segmentos na categoria.
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook