Serviços

Dr. Guilherme Corradi desvenda a prática dos esportes olímpicos

Médico do esporte e do exercício explica os benefícios e a qual perfil de atleta são recomendadas as modalidades olímpicas mais populares / Foto: DivulgaçãoMédico do esporte e do exercício explica os benefícios e a qual perfil de atleta são recomendadas as modalidades olímpicas mais populares / Foto: Divulgação

São Paulo - A cada realização dos jogos olímpicos, novos atletas e novas modalidades se destacam e atraem o interesse dos brasileiros.
 
Quem não se lembra de quando a seleção brasileira de vôlei foi campeã nos jogos de 1992 e fez o esporte se tornar um dos mais admirados no país. Ou das performances de Daniele Hypólito e Daiane dos Santos que levaram uma legião de jovens garotas a sonhar em se tornar uma atleta da ginástica. Faltando menos de 100 dias para os jogos do Rio de Janeiro, o Dr. Guilherme Corradi se antecipa e nos ajuda a compreender os benefícios, cuidados necessários e quem pode praticar algumas das modalidades mais conhecidas.
 
“No Brasil, a prática do esporte tem se tornado cada vez mais um meio para alcançar uma vida saudável com incentivos por todos os lados. Para atingir seus benefícios e objetivos é importante destacar, antes de qualquer coisa, a necessidade do acompanhamento profissional˜, explica Dr. Corradi. “A proximidade dos jogos olímpicos será mais um estímulo e que trará popularidade à diferentes modalidades, cujas práticas trazem diferentes resultados e riscos”, alerta o médico do esporte e do exercício, também especializado em fisiologia hormonal entre outras titulações médicas.
 
A prática de qualquer atividade física traz resultados visíveis ao corpo, à mente e até às relações interpessoais no ambiente familiar e profissional. Os detalhes abaixo são exemplos que mostram como cada atividade tem propósitos diferentes e, por isso, mostra como é essencial o acompanhamento profissional de um médico e um educador físico que vão avaliar qual o esporte mais indicado.
 
Atletismo - O atletismo une uma grande variedade de atividades que buscam reproduzir os movimentos essenciais do corpo humano, como correr, caminhar, saltar e arremessar. É um esporte considerado de base e qualquer pessoa pode praticá-lo desde fique atento às diferentes modalidades, pois oferece uma variedade de intensidades que exigem uma cuidadosa preparação prévia. Neste grupo está incluso a corrida, tão popular entre os brasileiros e que a cada dia ganha mais adeptos.
 
São exercícios que trazem como benefícios grande queima de calorias e de gordura, redução da pressão sanguínea, redução do LDL (colesterol ruim), aumento do HDL (colesterol bom) e melhora os sistemas respiratório e cardiovascular. Com o acompanhamento médico adequado, ainda funciona como prevenção de doenças cardiovasculares, hipertensão, derrame cerebral, diabetes, asma, bronquite, osteoporose, dores lombares, artrites e outros males característicos da terceira idade.
 
Ginástica Artística - A ginástica artística é um esporte que também envolve uma grande variedade de modalidades. Em geral, a prática de qualquer uma delas oferece grandes benefícios ao corpo no que diz respeito à postura, equilíbrio, coordenação motora, flexibilidade, força, concentração e agilidade. Um de seus melhores resultados é a grande resistência muscular localizada, por mais delicada que uma modalidade possa parecer, como é o caso da ginástica rítmica. E, na fase infantil, também é grande aliada ao desenvolvimento das capacidades psicomotoras.
 
É um esporte que pode ser iniciado muito cedo, a partir dos dois anos de idade. Sendo que o treinamento profissional com foco em competições tem início na pré-adolescência. Ele envolve a prática da aterrisagem e giros nas articulações, um exercício de forte impacto e grande risco de ferimentos e fraturas, por isso deve ser constantemente acompanhado por profissionais capacitados e, ao contrário do atletismo, não é indicado a qualquer pessoa pessoa e nem qualquer idade pode adotá-lo como rotina esportiva.
 
Judô - Como toda arte marcial, o judô é um esporte com valores que vão além do exercício físico, como a disciplina, educação e respeito. Em sua prática o corpo é sempre utilizado como uma alavanca com o objetivo de envolver e imobilizar o adversário utilizando a força do oponente em seu benefício próprio. Isso significa buscar a máxima eficiência com o mínimo esforço.
 
O judô desenvolve o corpo, a agilidade, o equilíbrio, a velocidade de movimento e de raciocínio, a coordenação motora, a flexibilidade e a capacidade de analisar a realidade que o cerca, além de pregar a humildade, honestidade e solidariedade. Tudo isso faz dele um dos esportes com maiores benefícios sociais. Fisicamente, trabalha intensamente os membros inferiores (pernas e glúteos) com alto gasto calórico, por isso, os riscos de lesões musculares, apesar de serem menores que em outros esportes, estão presentes, o que torna indispensável que a prática seja acompanhada de um professor. E, ao contrário da ginástica artística, pode ser iniciado em qualquer idade.
 
Natação - A natação é outro exemplo de esporte que ganhou mais notoriedade e admiradores após o bom desempenho da equipe brasileira. É um esporte que oferece baixíssimo impacto nas articulações e promove o relaxamento dos músculos e, por isso, é uma ótima alternativa durante a recuperação de lesões. Oferece um dos melhores equilíbrios no trabalho muscular pois seus movimentos acionam simultaneamente todo o corpo.
 
Como um exercício aeróbico que exige muito da respiração, estimula a circulação sanguínea facilitando o transporte de nutrientes, fortalece o coração mantendo a pressão arterial sob controle e contribui para o equiíbrio dos níveis de LDL (colesterol ruim) e HDL (colesterol bom). O gasto calórico é maior do que muitos outros esportes praticados em terra, além de oferecer melhoras visíveis de força e tônus muscular, à flexibilidade da coluna, à postura e no reposicionamento esquelético prevenindo dores.
 
Levantamento de Peso Olímpico - O levantamento de peso olímpico é uma modalidade muito discutida atualmente com a busca pelo corpo ideal e a onda fitness que conquistou o brasileiro. No entanto, é muito importante destacar que o levantamento de peso não significa o mesmo que a prática da musculação. A modalidade olímpica trabalha movimentos complexos de coordenação motora, flexibilidade e postura corporal acionando quase toda a massa muscular, enquanto o treino nas academias tem movimentos com foco em músculos específicos buscando a hipertrofia muscular.
 
Na prática do levantamento de peso olímpico é necessária uma grande concentração buscando ativar quase toda a musculatura corporal em um único movimento. Isso traz um aumento da consciência corporal diminuindo o risco de lesões, inclusive na prática de outros esportes, além de melhorar a estabilidade da coluna. Quando realizado de forma correta alcança grande queima de calorias auxiliando na perda de gordura. É uma alternativa para potencializar os resultados de praticantes da musculação.
 
Vôlei de Praia - Com uma costa de praias tão extensa, e clima propício, talvez o Brasil devesse ser o país do vôlei de praia e não do futebol. Como explicado anteriormente, o exercício físico já proporciona grande bem estar, na areia e de frente para o mar esse benefício é, com certeza, potencializado. A prática do esporte traz um condicionamento físico e definição muscular invejáveis. Basta observar os corpos dos atletas dessa modalidade. A movimentação trabalha com bons resultados em áreas como coxas, glúteos e abdômen.
 
Um dos principais cuidados no vôlei de praia é com o sol, deve-se fazer uso abundante de um bom protetor solar e redobrar a atenção com a hidratação. Sem esses cuidados, um esporte com tantos benefícios pode se tornar um vilão para a pele do atleta. A areia oferece resistência aos movimentos, auxiliando a queima de calorias, ao mesmo tempo em que funciona como um amortecedor para aterrisagens e quedas evitando lesões mais comuns nos jogos de quadra.
 
Canoagem - Graças a movimentação dos remos, a canoagem é um esporte com muitos benefícios à postura, e também ao tônus muscular. Mostra-se uma alternativa interessante de variação de prática esportiva para quem busca desenvolvimento corporal em um exercício aeróbico. Além dos benefícios físicos, é uma atividade com total conexão com a natureza funcionando como um alívio do estresse.
 
A canoagem trabalha, simultaneamente, os grupos musculares superiores e inferiores, e, como utiliza movimentos baseados no giro do tronco, causa instabilidade que força a utilização dos músculos abdominais. Entre seus benefícios está o aumento da resistência a doenças cardiovasculares e, como tem um elevado gasto de calorias, colabora na perda de peso.
 
Futebol - Apesar de já ser um dos esportes mais praticados no Brasil, é importante elencá-lo para se fazer um alerta sobre esta e outras modalidades praticadas como lazer apenas uma vez na semana. Pessoas que praticam atividade física apenas uma vez durante a semana ainda são consideradas sedentárias. Uma pessoa ativa fisicamente deve praticar alguma atividade ao menos três vezes na semana.
 
Praticar exercícios intensos e bruscos, como o futebol, esporadicamente traz mais riscos do que benefícios à saúde, como distensões musculares, lesões nas articulações, problemas cardiorrespiratórios e até infarto. Já, com a prática constante, mesmo que seja a pelada com os amigos, como trata-se de uma atividade que une exercícios aeróbicos e de força traz muitos benefícios. Reduz os riscos de doenças cardíacas, aumenta a resistência cardiovascular e oferece ótimos resultados na perda de peso.
 
Basquete - Com riscos e benefícios semelhantes ao futebol, inclusive no que diz respeito à prática esporádica, o basquete acrescenta grande exercício de força aos membros superiores, ajudando a definir os músculos e melhorar a resistência, além da diminuição da massa gorda. É um esporte que queima calorias como uma aula de jump na academia. E, assim como todo jogo com bola, desenvolve a percepção, raciocinio rápido e agilidade física e mental. 
 
Devido à intensidade, a grande exigência muscular para sua prática e ainda aliado a saltos e arremessos da bola, entre os riscos oferecidos estão lesões musculares, entorces ou rompimentos de ligamentos de joelho e tornozelo devido às aterrisagens e impacto entre os jogadores.
 
Alerta - Seja qual for a modalidade escolhida, é indispensável consultar sempre um médico e realizar exames que vão buscar por problemas de saúde pré-existentes que necessitem de cuidados especiais e que vão definir o limite do corpo de cada indivíduo. Dessa forma, reduz-se o risco de lesões e é possível até ter um direcionamento para o exercício que possa colaborar com a melhora de doenças. Nunca esqueça do alongamento, antes e depois de qualquer atividade física, e da atenção à hidratação.
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook