Serviços

O retorno ao esporte após uma lesão

A Mercur disponibiliza produtos que auxiliam na promoção da saúde e no cuidado com as pessoas, contribuindo para a prevenção e reabilitação de lesões / Foto: DivulgaçãoA Mercur disponibiliza produtos que auxiliam na promoção da saúde e no cuidado com as pessoas, contribuindo para a prevenção e reabilitação de lesões / Foto: Divulgação

São Paulo - A prática de exercícios físicos, especialmente modalidades esportivas como futebol, vôlei, basquete, tênis, ciclismo, natação, entre outros, têm sido a escolha de muitas pessoas na busca por melhorar ou manter uma vida saudável.
 
A atividade física, nesse caso, está associada diretamente à melhora da qualidade de vida. Os benefícios são inúmeros e vão muito além do condicionamento físico e manutenção do peso. As pessoas buscam, por meio do esporte, melhorar o sono, diminuir o estresse e os problemas emocionais. Mas, para quem é iniciante, em qualquer esporte é preciso cautela e paciência.
 
De acordo com Regis Severo, fisioterapeuta da Mercur, as pessoas que praticam atividades físicas estão sujeitas a diversos tipos de lesões, seja por trauma direto, como por exemplo uma pancada ou uma torção durante o exercício ou por uma sobrecarga repetitiva. “Isto não é privilégio somente dos chamados atletas de final de semana, mas também para pessoas que praticam atividade regular e até mesmo atletas profissionais”, destaca o fisioterapeuta.
 
Com isso, diversos recursos têm sido utilizados pelas pessoas para minimizar os riscos de novas lesões ou para auxiliar no tratamento de algumas delas, possibilitando assim a realização de movimentos mais desafiadores e complexos na reta final da reabilitação e também no retorno ao esporte. “Órteses em Neoprene e elásticas, como joelheira, tornozeleira, cotoveleira, coxal, entre outras, são comumente utilizadas e têm como função estabilizar as articulações ou segmentos do corpo, melhorando a funcionalidade e evitando sobrecargas no local, o que evita o agravamento de uma lesão ou a reincidência dela”, afirma Regis.
 
Segundo o fisioterapeuta, muitas pessoas têm medo de retornar ao esporte, principalmente aquelas que não realizaram um tratamento com um profissional da saúde. “Esta insegurança é considerada normal em muitos casos, afinal, ninguém quer passar novamente por uma lesão. Quando bem orientado, o uso das órteses pode auxiliar muito neste processo, evitando desconfortos e dores, e principalmente a sensação de instabilidade articular”, declara.
 
Vale ressaltar, que as órteses devem ser utilizadas como complementares a um tratamento, que envolve ganho de força, flexibilidade, entre outros, e por isso é recomendado consultar um profissional da saúde.
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook