De bronze, mas com gostinho de ouro olímpico

Obra, assinada pela artista plástica paulistana Paula Delmanto, faz homenagem aos Jogos Olímpicos no Brasil com elementos e traços da ginástica rítmica. Esta será a primeira intervenção artística a ocupar um espaço público no bairro / Foto: DivulgaçãoObra, assinada pela artista plástica paulistana Paula Delmanto, faz homenagem aos Jogos Olímpicos no Brasil com elementos e traços da ginástica rítmica. Esta será a primeira intervenção artística a ocupar um espaço público no bairro / Foto: Divulgação

São Paulo - O bairro da Vila Olímpia, conhecido por abrigar um dos principais polos comerciais da cidade de São Paulo, terá a partir de dezembro uma companhia digna de pódio. Trata-se da escultura em homenagem aos jogos olímpicos no Brasil: Rítmica Genética  Global, da artista plástica paulistana, Paula Delmanto.
 
A intervenção artística, primeira a ocupar um espaço público no bairro, é feita de bronze com uma estrutura de aço revestido de fibra de carbono que simula os movimentos em espiral das fitas utilizadas pelas ginastas nas apresentações conforme os ventos. O monumento será inaugurado no dia 06 de dezembro, a partir das 12h, na Praça Raul Cortez S/N (em frente a Rua Olimpíadas), e ficará fixo no local.  
 
Com obras e trabalhos expostos em galerias renomadas como a Saphira & Ventura Gallery e na Sede da ONU, ambas em Nova Iorque, e sua mais recente exposição em cartaz na Art Lab Gallery, Paula traz na assinatura de suas esculturas um traço recorrente: o esporte. São os movimentos das mais variadas modalidades esportivas o fio condutor para a criação de suas peças artísticas. "O esporte sempre foi minha grande paixão. Os movimentos e formas que este universo nos propicia são infinitos e extremamente plásticos. Com a realização dos Jogos Olímpicos no Brasil senti ainda mais aflorado esse desejo de homenagear o esporte, em especial, a ginástica rítmica. Este meu trabalho traz, em sua essência, toda essa elegância e beleza. Por isso, tentei ao máximo reproduzir esses movimentos com a mesma maestria que nossas ginastas", destaca Paula. 
 
A homenagem também terá como ponto alto o seu ineditismo, uma vez que o bairro não tinha até então nenhuma intervenção artística em seus espaços públicos. "São Paulo é uma cidade que vive e respira arte. Sendo assim, nada mais providencial do que a escolha da Praça Raul Cortez - um espaço verde e cheio de vida para abrigar um pedacinho da arte e do esporte no Brasil. Não temos a Vila Olímpica do Rio de Janeiro, mas temos a Vila Olímpia com a Rua das Olímpiadas", brinca.
 
A escultura - A escultura de 5,45 metros e aproximadamente 600 kg é feita de bronze e fibra de carbono, composta por uma base de concreto armado em formato piramidal – uma referência a forma triangular da praça e seu paisagismo. “O corpo da ginasta é de bronze, material nobre e extremamente resistente aos efeitos do sol e da chuva. Além disso, é um elemento que representa tanto a força física quanto a determinação que a modalidade exige”, explica a artista plástica.
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook