Sports Business discute rumos do esporte no Brasil

O Sports Business 2011, maior evento de negócios do esporte da América Latina, que ocorre de 17 a 19 de agosto, em São Paulo, abre espaço para discussão das oportunidades e melhores práticas de gestão para organização da Copa 2014 e dos Jogos Olímpicos Rio-2016 / Foto: João Pires / JumpO Sports Business 2011, maior evento de negócios do esporte da América Latina, que ocorre de 17 a 19 de agosto, em São Paulo, abre espaço para discussão das oportunidades e melhores práticas de gestão para organização da Copa 2014 e dos Jogos Olímpicos Rio-2016 / Foto: João Pires / JumpSão Paulo - O Sports Business 2011, maior evento de negócios do esporte da América Latina, que ocorre de 17 a 19 de agosto, em São Paulo, abre espaço para discussão das oportunidades e melhores práticas de gestão para organização da Copa 2014 e dos Jogos Olímpicos Rio-2016.  

O encontro terá fóruns apropriados para discutir, sob o prisma econômico, as políticas, meios e estratégias para desenvolver o esporte nacional em todos os seus aspectos. Serão abordados quatro grandes temas:

•Infraestrutura e Instalações;
•Turismo Esportivo;
•Materiais e Equipamentos;
•Marketing Esportivo.

Os temas são extremamente pertinentes ao momento do País e da indústria esportiva nacional, contribuindo para que o tão esperado legado seja melhor aproveitado.

As instalações esportivas aparecem diariamente nos principais jornais. Afinal, atrasos e o investimento na casa dos R$ 6,8 bilhões interferem diretamente no cotidiano da população, clubes e investidores. Inclusive por isso, a premiação dos melhores desenhos e funcionalidades em projetos dessa especialidade ocorre no Sports Business, durante o lançamento da segunda edição do concurso da IAKS LAC Award.

Um dos principais benefícios de sediar eventos como esse é que as competições servem como vitrine para o País. Inclusive, segundo uma pesquisa, o Brasil já é o sétimo principal destino para eventos no mundo, o que mostra que estamos cada vez mais preparados para atender e recepcionar. O painel sobre turismo esportivo certamente contribuirá para que o segmento incremente seus serviços.

"Além disso, a indústria do esporte já representa 3% do PIB brasileiro, o que mostra um segmento extremamente atrativo para se investir. O aumento constante dos patrocínios mostra como o marketing esportivo é utilizado cada vez mais pelas empresas, públicas e privadas. Assim é fundamental discutir as novas estratégias e ferramentas do mercado para potencializar as ações de marketing e gerar os ganhos esperados pelos investidores", afirmou Maurício Fernandez, presidente da Associação Brasileira da Indústria do Esporte (ABRIESP).

Ainda durante o evento será realizado o último encontro do Congresso Estadual de Lei de Incentivo, Gestão e Marketing. As leis de incentivo, como a recém criada legislação paulista, são importantes instrumentos de fomento ao esporte, principalmente os menos privilegiados pela mídia. E a realização desse congresso visa justamente promover a formação e capacitação especializada dos gestores desportivos brasileiros.

"O Sports Business é um espaço importante, pois promovendo a troca de experiências e a reunindo os principais profissionais do mercado pode-se otimizar os ganhos em todos os aspectos: esportivo, social, econômico, político e urbano", comentou Ricardo Gomes Silva, responsável pela área de conhecimento e conteúdo e mediador do evento e CEO da SSTUDIO Marketing e Entretenimento.

Além dos fóruns, a programação conta com encontros reservados e reuniões. Grandes nomes do mercado esportivo farão parte da programação desta edição.

Autoridades nacionais e internacionais são destaque do evento - Uma das personalidades mais aguardadas é Gary Pluchino. O vice-presidente sênior da IMG - International Management se destaca no chamado marketing olímpico, já negociou contratos de milhões de dólares para eventos esportivos e teve participação nos últimos dez Jogos Olímpicos. Pluchino estará presente no dia 18, no painel I - Mercado - Como utilizar o esporte como eficaz ferramenta de comunicação.

Além dele, confirmaram presença Jon Pettifer, Diretor de Operações de Eventos Esportivos Globais do Grupo Mace, e Mike de Vries, Consultor Internacional de Marketing e Comunicação.

Entre as autoridades brasileiras, destaque para o Secretário Nacional de Esporte de Alto Rendimento no Ministério do Esporte, Ricardo Leyser Gonçalves. Ainda estarão presentes: Ney Campello, Secretário da Copa do Mundo na Bahia; Eduardo Anastasi, Coordenador de Esporte e Lazer da Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude do Estado de São Paulo; Antonio Zambelli, Diretor de Marketing do Grupo Seara/Marfrig; Gabriele Muraglia, diretor geral de eventos da Aggreko; e Bernardo Carvalho, Diretor Executivo do Instituto Rio 2014/2016.

Serviço:
28ª Sports Business - Maior Encontro de Negócios do Esporte da América Latina
17 a 19 de Agosto de 2011
Palácio das Convenções do Anhembi - São Paulo-SP

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook