Proposta de lei de renúncia fiscal para capital paulista marca abertura do Sports Business

Bernardo Carvalho (Empresa Municipal Olímpica) / Foto: Deco Pires / JumpBernardo Carvalho (Empresa Municipal Olímpica) / Foto: Deco Pires / JumpSão Paulo - A 28ª edição do Sports Business teve início nesta quarta-feira, dia 17 de Agosto, com um ciclo de palestras sobre o desenvolvimento econômico e urbano do País durante os megaeventos de 2014 e 2016.

Entretanto, a proposta de lei de incentivo para a cidade de São Paulo, voltada para empresas que apoiam o desporto, ganhou destaque no primeiro dia do evento. Autoridades dos governos municipal e estadual prometeram durante o evento no Anhembi levar a ideia adiante.

O documento é baseado em renúncia fiscal de ISS e IPTU, que somam juntos por ano R$ 13 bilhões. A ABRIESP - Associação Brasileira da Indústria do Esporte - pretende atingir 0,52% desse montante. Para ser aprovada, a legislação precisa ser sancionada pelo prefeito Gilberto Kassab e pelo poder legislativo.

"A semente da lei estadual foi plantada no Sports Business e já é realidade, fomentando o esporte paulista. Nosso objetivo é levar a todos os municípios de São Paulo um projeto de redução fiscal para o desporto. Todas as cidades têm e devem incentivar as modalidades por meio de uma legislação moderna e eficaz", disse Sérgio Schildt, vice-presidente da Abriesp.

A Associação Brasileira da Indústria do Esporte formou uma Comissão de Projetos Incentivados para redigir a Lei de Incentivo de São Paulo, que pode gerar R$ 70 milhões por ano. Santos, São José dos Campos e Campinas já aprovaram um mecanismo de incentivo ao esporte para reduzir impostos da iniciativa privada.

"Tenho certeza de que o poder municipal irá abraçar a causa e apoiará ainda mais o esporte com redução fiscal. O projeto é fundamental e justo, já que São Paulo é responsável por 70% dos atletas olímpicos do País", comentou Henrique Guimarães , medalhista e supervisor do Centro Olímpico de Treinamento e Pesquisa.

"O Governo Estadual não mede esforços para apoiar o esporte no Estado e realizar da melhor maneira possível os megaeventos. É uma bandeira da gestão Geraldo Alckmin. Prova disso são os 14 Centros de Excelência instalados desde janeiro. O Governo também continuará a aumentar os recursos para o Bolsa Talento, desporto na terceira idade e reformas, como a do Ibirapuera", garantiu José Benedito Fernandes, Secretário de Esporte, Lazer e Juventude do Estado de São Paulo.

Incentivo - Duas leis de incentivo ao esporte já são usadas pela iniciativa privada para fomento de diversas modalidades. A legislação do Governo Federal permite que patrocínios e doações para a realização de projetos desportivos sejam descontados do imposto de renda devido.

A lei federal prevê que empresas que declaram o IR pelo lucro real poderão aplicar até 4% do imposto devido em projetos esportivos. Já a Lei de Incentivo Paulista concede redução fiscal de ICMS à iniciativa privada. Só para 2011, a projeção ultrapassará R$ 48 milhões.

Evento começa com palestras sobre Copa de 2104 e Rio-2016 - Durante o primeiro dia Sports Business, palestras com especialistas discutiram o desenvolvimento previsto para o Brasil com a realização da Copa 2014 e das Olimpíadas de 2016.

O primeiro a discursar foi Ney Campello, secretário para Copa do Mundo na Bahia. O representante nordestino destacou o legado que o Mundial deixará para o Estado. "O que lidera o nosso projeto é a Arena da Fonte Nova, uma das mais avançadas do País. Temos a garantia de entregar o estádio junto com toda estrutura da cidade em março de 2013, para poder realizar a Copa das Confederações".

O secretário especial de articulação da Prefeitura de São Paulo para o Mundial, Gilmar Tadeu Alves Ribeiro, reforçou a importância da troca de experiências entre os gestores durante o Sports Business e disse que a capital paulista estará pronta para receber os jogos. Em setembro, a Fifa e o Comitê Organizador vão lançar a campanha de 1.000 dias para a abertura, que poderá ser na nova arena do Corinthians, em Itaquera.

Na sequência, Bernardo Carvalho - diretor-executivo da Empresa Olímpica Municipal - falou sobre a contribuição que o Rio de Janeiro poderá trazer para as demais cidades no sentido de preparação para os megaeventos. "É importante representar a Cidade Maravilhosa, porque o Rio tem hoje um calendário de eventos que nenhum outro município tem igual. Toda a cadeia produtiva do esporte está envolvida para deixar um legado para as futuras gerações", ressaltou.

As últimas palestras da quarta-feira focaram planejamento e serviços para a Copa e Jogos Olímpicos. Gabriele Muraglia, diretor geral da Aggreko International falou sobre energias temporárias durante os megaeventos. Waldir Peres, superintendente da Agência Metropolitana de Transportes Urbanos do Rio de Janeiro, explicou como será a infraestrutura urbana para os Jogos de 2016.

 Encontro de gestores ocorre durante as manhãs - O Sports Business também está realizando o Encontro de Gestores de Esporte e Lazer, uma oportunidade para troca de know how entre quem faz o esporte acontecer no País. Serão três reuniões diárias, todas pela manhã, que terão profissionais das áreas pública e privada. No primeiro dia, os temas dos encontros foram: Megaeventos - Capacitação e Promoção, Apresentação de Projetos no ME e Infraestrutura - Projetos.

"Capacitar os novos gestores é importante para garantir a estabilidade e honestidade no esporte. A demanda é cada vez maior, já que o País recebe importantes competições e desenvolve o marketing esportivo. Por isso, todos os envolvidos devem ouvir os relatos de quem já botou a mão na massa, principalmente os estrangeiros", contou Júlio Filgueiras, ex-secretário Nacional de Esporte Educacional do Ministério do Esporte.

Na quinta feira (18), os encontros começam às 8h30 e seguem até 12h30. No Auditório Elis Regina, o tema é Megaeventos - Legados. Na sala 1, a discussão será sobre Apresentação de Projetos no ME, enquanto na sala 2 o tema é Infraestrutura - Execução.

Na sexta-feira (19), no Auditório Elis Regina, o encontro será sobre Lei Estadual de Incentivo ao Esporte. Na sala 1, o tema é Projetos - Siconv/Prestação de Contas, e na sala 2, a discussão será sobre Infraestrutura - Gestão. Os encontros permanecem no horário das 8h30 às 12h30.

Palestras de quinta-feira (18) - No segundo dia do evento, Marketing e Turismo serão os temas centrais dos painéis, que contarão com a presença de Gary Pluchino, Vice-Presidente Sênior da IMG - International Management Group e especialista em marketing olímpico; e Mike de Vries, especialista em marcas e criador do projeto "Germany - Land of Ideas (Alemanha - Terra das Ideias)".

Programação de quinta-feira (18)

15h00-16h45 Painel I - Mercado: Como utilizar o Esporte como Eficaz
Ferramenta de Comunicação
Participantes: Antonio Zambelli - Diretor de Marketing do Grupo
Seara/Marfrig; Ricardo Leyser - Secretário Nacional de Esporte de Alto
Rendimento no Ministério do Esporte; Gary Pluchino - Vice Presidente Sênior
da IMG - International Management Group; Ricardo Gomes Silva - CEO of
SSTUDIO - Marketing & Entretenimento (Brasil - Japão - USA).

17h15-19h00 Painel II - Turismo Esportivo: Facilidades & Impacto
Participantes: Mike de Vries - Consultor Internacional de Marketing e
Comunicação; Yuri Alexei Vieria Bastos Jorge - Diretor de Assuntos
Estratégicos da AGECOPA - Cuiabá; Virgílio Nelson da Silva Carvalho -
Diretor de Turismo da CNTur - Confederação Nacional de Turismo.

IAKS LAC - Ainda no Sports Business será realizada a segunda edição do Premio da IAKS Secção Latino Americana e Caribe, concurso de arquitetura de instalações esportivas.

Sobre o Sports Business - O encontro terá fóruns apropriados para discutir, sob o prisma econômico, as políticas, meios e estratégias para desenvolver o esporte nacional em todos os seus aspectos.

Dividido em quatro temas centrais, o evento apresentará demandas, estratégias e cases de sucessos atuais dos principais líderes e profissionais do esporte mundial sobre importantes segmentos do mercado como:

• Infraestrutura e Instalações;
• Turismo Esportivo;
• Materiais e Equipamentos;
• Marketing Esportivo.

Serviço:
28ª Sports Business - Maior Encontro de Negócios do Esporte da América Latina
17 a 19 de Agosto de 2011
Palácio das Convenções do Anhembi - São Paulo-SP

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook