Medalhista Felipe Wu inicia treinos na Hebraica para Olimpíadas

Felipe Wu / Foto: Wander Roberto/COBFelipe Wu / Foto: Wander Roberto/COB

Rio de Janeiro - Depois de conquistar a medalha de ouro no tiro esportivo dos Jogos Pan-Americanos de Toronto, o brasileiro de 23 anos ganhou uma vaga para disputar as Olimpíadas de 2016, no Rio de Janeiro. 
 

Após afirmar em algumas entrevistas que não tinha patrocínio nem local para treinar, o Clube Hebraica entrou em contato com o atleta para convidá-lo a praticar o esporte no local. “Ficamos comovidos com a história dele. Como conseguiu treinar em casa e ainda garantir a medalha de ouro? Ele é um jovem talentoso que merece ter o apoio do País. Estamos muito contentes de ceder nosso espaço para ele treinar”, afirma Carlos Inglez, gerente geral de Esportes.

Apesar de ainda ter gastos altos com munições e equipamentos, Felipe diz estar contente com o apoio do clube e considera a oportunidade muito valiosa para um melhor desempenho em suas próximas competições. “Treinar na Hebraica já é um grande começo, mas ainda tenho muito trabalho pela frente. Espero que, com o tempo, o Brasil valorize mais os grandes atletas que têm e pessoas que não conseguem se destacar por falta de oportunidade, de incentivo”, afirma Wu.
 
E quem pensa que as Olimpíadas são o único desafio do jovem se engana. Antes de enfrentar o desafio no Rio de Janeiro, Felipe ainda terá que competir a Copa Sul-Americana e o Campeonato Brasileiro neste ano e mais quatro Copas do Mundo em 2016, que antecedem as Olimpíadas. 
 
Veja Também: 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook