Confusão: brasileiros comemoram mesma vaga olímpica no tiro

Roberto Schmits comemora, pelo Facebook, vaga; Ricardo, seu amigo, também acha que está classificado / Foto: Reprodução / FacebookRoberto Schmits comemora, pelo Facebook, vaga; Ricardo, seu amigo, também acha que está classificado / Foto: Reprodução / Facebook

Rio de Janeiro – Uma alteração feita no regulamento que define os brasileiros classificados no tiro ao prato nos Jogos Olímpicos de 2016 tem causado certa confusão entre os atletas. Tudo porque a nova regra não foi publicada e, com isso, dois atiradores comemoram a mesma conquista, já que apenas uma vaga, por convite, pertence ao País. 
 
A mudança em questão se deu a partir da comissão técnica do tiro. Antes, a regra dava conta de que, o melhor pontuador de três das quatro etapas da Copa do Mundo mais do Mundial estaria classificado. Mas, depois, em reunião da comissão, teria ficado decidido que os dois melhores resultados de cada atleta durante a Copa do Mundo e o Mundial é que seria computado na conta. As informações são do Estadão. 
 
A nova regra atingiu diretamente Rodrigo Bastos e Roberto Schmits, amigos na vida pessoal e rivais na disputa pela vaga olímpica. Isso porque ela foi comunicada a todos os atletas (que teriam concordado), mas publicada mesmo só em 17 de agosto (no site da Confederação Brasileira de Tiro Esportivo – CBTE), ainda sem alterar oficialmente o regulamento. 
 
Por isso no Mundial, em Lonato, na Itália, Roberto fez 20 pontos (50º lugar geral), enquanto Rodrigo ficou com 18. O resultado fez com que Roberto comemorasse, no Facebook, a classificação olímpica, confirmada pela CBTE. 
 
Já Rodrigo, top-10 nos dois últimos mundiais, contesta e pede que sejam somados os resultados das três etapas de Copa do Mundo das quais participou e do Mundial – resultados que o deixariam um ponto à frente de Roberto. "Foi por pouco, mas a vaga é minha", comemora. 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook