Jogos Europeus definem mais 15 vagas olímpicas do tiro esportivo

Depois de ver sua esposa classificar a Rússia para os Jogos Rio 2016, foi a vez de Alexei Alipov garantir vaga para o país / Foto: Jamie Squire / Getty ImagesDepois de ver sua esposa classificar a Rússia para os Jogos Rio 2016, foi a vez de Alexei Alipov garantir vaga para o país / Foto: Jamie Squire / Getty Images

Rio de Janeiro - Esporte com mais classificados até agora, o tiro esportivo chegou à marca de 192 classificados para os Jogos Olímpicos Rio 2016. Cada uma das 15 provas Olímpicas do esporte disputadas nos Jogos Europeus Baku 2015 distribuiu mais uma vaga para os Jogos do Rio de Janeiro. 

França, Rússia e Suíça, com duas vaga cada; além de Alemanha, Bielorrúsia, Grã-Bretanha, Eslováquia, Espanha, Israel, San Marino, Suécia e Ucrânia, com uma vaga cada, foram os países que se classificaram com os resultados de Baku 2015.
 
Em Baku, o tiro esportivo mostrou que também pode ser um esporte compartilhado por toda a família - e em alto nível. Poucas semanas depois de ver sua esposa conquistar uma vaga Olímpica, foi a vez do maridão Alexei Alipov, campeão Olímpico em Atenas 2004, garantir a Rússia na fossa Olímpica. Com a medalha de ouro no peito, o experiente atirador de 39 anos provou que está com a mira afiada para os Jogos Rio 2016.  
 
"Estou muito feliz de ter alcançado a vaga Olímpica. Já competi nos Jogos Olímpicos e consegui um ouro e um bronze. Pelo menos até agora", afirmou o campeão europeu da fossa Olímpica.
 
Entre as mulheres, a relação familiar também foi destaque, mais uma vez na prova da fossa Olímpica. Arianna Perilli, de San Marino, conquistou a primeira medalha nos Jogos Europeus para seu país, ganhou a vaga Olímpica e pôde comemorar ao lado da irmã, que também já havia conquistado uma vaga na mesma prova.
 
"Eu me sinto muito honrada de ter conquistada a primeira medalha para o meu país. Estou mais que feliz pela vaga nos Jogos Olímpicos. Minha irmã também já tinha alcançado a vaga (anteriormente, em outro evento) para nosso país, o que torna tudo ainda mais incrível", disse a atiradora.
 
Passados nove torneios classificatórios do tiro esportivo, 192 vagas Olímpicas do esporte já foram definidas - quase metade das 390. Três etapas da Copa do Mundo de Carabina e Pistola, disputadas em Changwon, Fort Benning e Munique, decidiram 24 vagas cada uma. Em Acapulco, Al Ain, Larnaca, três etapas da Copa do Mundo de Espingarda apontaram outras 10 vagas cada. Em 2014, 64 vagas foram conquistadas no Campeonato Mundial e 11 foram distribuídas no Campeonato de Tiro das Américas.
 
O próximo torneio classificatório do esporte será o dos Jogos Pan-Americanos Toronto 2015, que será disputado entre os dias 10 e 26 de julho. Além desta, serão realizadas outras seis competições qualificatórias do tiro esportivo ainda em 2015, que definirão o destino de 153 vagas. Das 45 vagas restantes, 12 serão disputadas em 2016, nove são destinadas ao Brasil, país-sede dos Jogos, e 24 serão distribuídas por meio de convites.
 
Confira abaixo, prova a prova, os países que garantiram vaga Olímpica nos Jogos Baku 2015:
 
Feminino
Pistola de ar 10m: Bielorrúsia
Pistola 25m: Suíça
Carabina de ar 10m: Suíça
Carabina 50m três posições: França
Skeet: Grã-Bretanha
Fossa Olímpica: San Marino
 
Masculino
Pistola de tiro rápido 25m: Espanha
Pistola de ar 10m: Ucrânia
Pistola 50m: Eslováquia
Carabina deitado 50m: Alemanha
Carabina de ar 10m: Israel
Carabina 50m três posições: França
Skeet: Suécia
Fossa Olímpica: Rússia 
Fossa double: Rússia
 
Veja Também: 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook