Mirieli Estaili prepara mudança para os Estados Unidos

Mirieli Estaili   / Foto: Wagner Carmo/CBAtMirieli Estaili / Foto: Wagner Carmo/CBAt

São Paulo - A saltadora Mirieli Estaili da Silva Santos, medalha de ouro no salto triplo do Troféu Brasil Caixa de Atletismo, em setembro, e medalha de prata no Campeonato Mundial Sub-20 de Tampere, na Finlândia, em julho, está se despedindo de Sorriso (MT), onde mora e treina, e do Brasil.
 
A atleta, nascida a 1º de abril de 1999 em Conceição de Araguaia, no Pará, e radicada desde os três meses de idade em Sorriso, muda no início do ano de 2019 para os Estados Unidos. Ela conseguiu vaga para ingressar na Universidade do Missouri, após ser convidada para estudar, treinar e competir pela escola, depois de conquistar vários títulos no Atletismo.
 
“Eles me convidaram no ano passado e este ano prestei as provas exigidas e fui aprovada”, contou Mirieli, treinada por Marcos Flademir Vieira, na Associação Sorrisense de Atletismo (ASA Sorriso).
 
“A transferência é um mérito dela e o resultado de nosso trabalho, de nosso projeto social. Os resultados As marcas dela chamaram a atenção de sete universidades norte-americanas e ela escolheu a melhor para seus interesses. Vai disputar o NCAA”, disse Marcos Vieira. “Isso é um estímulo para todos os outros atletas do projeto”, completou.
Mirieli é a quarta colocada no Ranking Mundial da IAAF de 2018 da categoria Sub-20, com 13,81 m (1.5), marca obtida na Finlândia. Com o resultado, lidera o Ranking Brasileiro da idade e ocupa o terceiro lugar no Ranking Absoluto Nacional.
 
Curso – Marcos Vieira e Nildomar Valadares (DF), aliás, participaram na semana passada em Bogotá, na Colômbia, de um curso de capacitação para subir de categoria, o nível II da IAAF, nas áreas de saltos horizontais – salto em distância e triplo. Os professores foram indicados pela Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt).
“Fui indicado graças aos resultados alcançados pelos atletas de Sorriso. Todos os custos foram pagos pela CBAt e profissionalmente estou mais qualificado a ensinar, pois tivemos aulas com os melhores técnicos do mundo, de estudos práticos e teóricos”, comemorou Marcos.
 
  
 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook