Ana Cláudia quebra o recorde dos 100 m do Troféu Brasil/Caixa | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Ana Cláudia quebra o recorde dos 100 m do Troféu Brasil/Caixa

Ana Cláudia vence os 100 m no primeiro dia do Troféu Brasil Caixa 2013 / Foto: Wagner Carmo/CBAt

São Paulo - A cearense Ana Cláudia Lemos (BM&FBovespa-SP) confirmou mais uma vez a grande fase da carreira ao vencer os 100 m do Troféu Brasil/Caixa de Atletismo-2013, na tarde de quinta-feira, dia 6 de Junho, no Estádio Ícaro de Castro Melo, no Ibirapuera, em São Paulo. Com a marca de 11.07 (0.0), ela quebrou o recorde do torneio, que havia sido estabelecido nas semifinais pela paulista Franciela Krasucki (Pinheiros-SP), com 11.13 (-0.7).
 
Ana Cláudia e Franciela, que conquistou a medalha de prata, com 11.15, garantiram vaga no Sul-Americano da Colômbia, em julho, e ratificaram mais uma vez o índice CBAt para o Campeonato Mundial de Moscou, em agosto, na Rússia.
 
"Estou feliz pela regularidade nesta temporada. Tenho mantido boas atuações e agora o objetivo é treinar para ir bem também no Mundial", comemorou Ana Cláudia. "Não ganhei o ouro, mas não posso reclamar de nada. Este é o melhor início de temporada da minha vida", disse, por sua vez, Franciela.
 
As duas, além de satisfeitas como prova individual, apostam mais ainda no revezamento 4x100 m no Mundial. "O 4x100 vai para a Rússia para tentar ganhar medalha", lembrou Ana Cláudia. "É a nossa grande chance de subir no pódio", completou Franciela.
 
Codó vence no Masculino - Na final dos 100 m masculino, o maranhense José Carlos Moreira (Londrina/Caixa) foi o vencedor, com 10.16 (0.7). Ele ficou a apenas dois centésimos de segundo do índice para o Mundial. "Fiz uma excelente prova e estou muito feliz", afirmou o velocista, que ganhou o quarto título brasileiro da carreira. "Agora é manter o foco e a tranquilidade para ir bem também no Sul-Americano."
 
O alagoano Bruno Lins (Fundacte-SP) e o carioca Aldemir Gomes da Silva Junior (Orcampi/Unimed), que estão qualificados para o Mundial nos 200 m, ficaram com as medalhas de prata e de bronze, respectivamente c om 10.24 e 10.29. "O objetivo sempre é a vitória, mas estou feliz com os resultados de 2013", disse Bruno. "Os 10.29 são um presente para mim. É o segundo melhor tempo da carreira", analisou Aldemir.

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook