Atleta indiana é proibida de correr por produzir hormônios masculinos | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Atleta indiana é proibida de correr por produzir hormônios masculinos

Dutee briga para poder competir / Foto: Reprodução Dutee briga para poder competir / Foto: Reprodução

Rio de Janeiro - A indiana Dutee Chand, de apenas 18 anos, vem sofrendo uma grande frustração, daquelas que destroem o sonho de qualquer atleta. A jovem encara uma grande batalha para poder ter o direito de competir nas Olimpíadas do Rio, em 2016. 

A proibição foi justificada porque o corpo de Dutee produz mais hormônios masculinos, sobretudo testosterona, do que o estabelecido como limite pela IAAF (Federação Internacional de Atletismo, na tradução do inglês). 

A história é contada pelo programa Esporte Espetacular, da TV Globo. 

"O que eu fiz de errado? Eu por acaso usei doping, trapaceei? Não é o caso. Então não posso aceitar que mexam no meu corpo. Sou uma criação de Deus, da natureza, e me sinto ótima como sou. Por isso decidi que aquilo não era uma sentença definitiva. Não para mim. Eu precisava fazer algo", conta Dutee. 

A justificativa da IAAF é que hormônios como a testosterona podem dar à atleta vantagem sobre suas concorrentes, já que ele age no aumento da força e da massa muscular. 

Veja Também: 
 

 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook