Bolt diz se aposentar em 2016 e acha possível novo recorde mundial | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Bolt diz se aposentar em 2016 e acha possível novo recorde mundial

Usain Bolt fez a melhor marca do ano nos 200m /  Foto: Divulgação Liga DiamanteUsain Bolt fez a melhor marca do ano nos 200m / Foto: Divulgação Liga Diamante

Rio de Janeiro - O homem mais rápido do mundo acredita ser possível quebrar seu próprio recorde mundial nos 200m (19s19). Usain Bolt condiciona a quebra no recorde, já na próxima temporada, à não ocorrência de lesões que comprometam seu desempenho nas pistas. Já em relação aos 100m, o jamaicano admitiu ser muito difícil conseguir baixar o tempo, atualmente cravado, também por ele, na marca dos 9s58. 

"Melhorar meu tempo nos 100 metros é muito complicado, mas nos 200m acho que é possível, progredi muito em técnica e acho que poderia bater essa marca", confirmou Bolt, que ainda acrescentou um dos seus principais desejos: "ficar entre os melhores esportistas da história".

Sobre a aposentadoria, Bolt voltou a afirmar a pretensão de parar após os Jogos Olímpicos do Rio, em 2016, "quando estiver ainda no mais alto". A possibilidade de competir em outros eventos do atletismo foi mais uma vez rechaçada pelo atleta, após especulações de uma possível migração para os 400m. 

As respostas de Bolt foram dadas em entrevista coletiva realizada nesta quarta-feira em Bruxelas, Bélgica. O jamaicano está lá para correr a etapa da Liga Diamante, na sexta-feira, no Memorial Van Damme. A exibição, nos 100m apenas, será a última da temporada para o atleta, que foi recentemente tricampeão mundial em Moscou. Em Bruxelas, a concorrência não será novidade para Bolt: seu compatriota Nesta Carter e o americano Justin Gatlin, que chegou na cola do jamaicano no Campeonato Mundial. 

 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook